Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

Modelagem da Variabilidade Espacial do Rendimento Produtivo de Pinus taeda L. com Uso da Geoestatística

DOI: http://dx.doi.org/10.12702/I-SGEA-a23

 

downloadpdf

Itamar A. Bognola1, Antonio R. Higa2, Lorena Stolle3, Edílson B. Oliveira4 & Luziane Franciscon5

 

Resumo: O objetivo desse estudo foi avaliar a variabilidade espacial do rendimento produtivo de Pinus taeda L. associando-o com o índice de sítio para a idade de 15 anos e de propriedades do solo obtidas de um mapeamento detalhado de solos, na escala 1:10.000, em uma área localizada no município de Rio Negrinho, estado de Santa Catarina. Os dados dendrométricos para a realização desse estudo, coletados em parcelas de inventário florestal contínuo, foram obtidos de um povoamento com área de 2252,11 ha. Os dados foram analisados através de métodos geoestatísticos, modelo exponencial e interpolação espacial por cokrigagem para construção de um mapa que descreva o rendimento na região. Através do mapa construído foi possível visualizar o excelente grau da relação entre os dados do índice de sítio médio com o mapa das unidades de manejo para o P. taeda obtido através do modelo geoestatístico.

Palavras-chave: mapa de rendimento; índice de sítio; cokrigagem

 

Abstract: The aim of this study was to assess the spatial variability of yield production of Loblolly Pine Linnaeus associating it with the site index for age 15 and soil properties obtained from a detailed mapping of soils at 1:10.000 scale in an area located in Rio Negrinho, state of Santa Catarina. Dendrometric data for this study were collected in continuous forest inventory plots were obtained from a population with an area of 2252,11 ha. Data were analyzed using geostatistical methods, exponential models and spatial interpolation by co-kriging for construction of a map describing the yield in the region. Through the constructed map it was possible to view the excellent level of relations between the data of the site index and a map of management units for Loblolly Pine Linnaeus obtained through the geostatistical model.

Key words: statement of income; site index; co-kriging

 

1 Engenheiro Agrônomo, Doutor em Silvicultura, Embrapa Florestas, Estrada da Ribeira, Km 111, CEP: 83411-000, iabog@cnpf.embrapa.br
2 Engenheiro Florestal, Professor Universidade Federal do Paraná/Departamento de Engenharia Florestal, higa@ufpr.br
3 Engenheiro Florestal, M.Sc., Autônoma, lorenastolle@yahoo.com.br
4 Engenheiro Agrônomo, Doutor em Silvicultura, Embrapa Florestas, edilson@cnpf.embrapa.br
5 Estatístico, M.Sc., Embrapa Florestas, luziane@cnpf.embrapa.br

 

Literatura Citada

BIONDI, F.; MYERS, D. E.; AVERY, C. C. Geostatistically modeling stem size and increment in an oldgrowthforest. Canadian Journal of Forest Research-Revue Canadienne de Recherche Forestiere, v. 24, n. 7, p. 1354-1368, 1994.

BOGNOLA, I. A. Unidades de manejo para Pinus taeda L. no planalto norte catarinense, com base em características do meio físico. 2007. 160 f. Tese (Doutorado em Engenharia Florestal) – Setor Ciências Agrárias, Universidade Federal do Paraná (UFPR), Curitiba, PR.

BOLFE, E. L.; GOMES, J. B. V. Geoestatística como subsídio à implantação de agricultura de precisão. [on line]. Disponível em: <http://www.agronline.com.br/artigos/artigo.php?id=210>. Acesso em 23/11/2006.

CAMBARDELLA, C. A.; MOORMAN, T. B.; NOVAK, J. M.; PARKIN, T. B.; KARLEN, D. L.; TURCO, R. F.; KONOPKA, A. E. Field-scale variability of soil properties in central Iowa soils. Soil Sci. Soc. of Am. J., Madison, v. 58, n. 5, p. 1501-1511, 1994.

MELLO, J. M. de. Geoestatística aplicada ao inventário florestal. 2004. 122 f. Tese (Doutorado em Engenharia Florestal) – Setor Ciências Agrárias, Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”, Universidade de São Paulo (ESALQ-USP), Piracicaba, SP.

MELLO, J. M.; OLIVEIRA, M. S. ; BATISTA, J. L. F. ; RIBEIRO JÚNIOR, P. J. ; KANEGAE JUNIOR, H. Uso do estimador geoestatístico para predição volumétrica por talhão. Floresta, Curitiba, v. 36, n. 2, p. 251- 260, maio/ago. 2006.

OLIVEIRA, E.B. Um sistema computadorizado para prognose do crescimento e produção do P. taeda L., como critérios quantitativos para avaliação técnica e econômica de regimes de manejo. 1995. 134 f. Tese (Doutorado em Engenharia Florestal) – Setor Ciências Agrárias, Universidade Federal do Paraná, Curitiba.

STATISTICAL ANALYSIS SYSTEM (SAS). 1996. SAS/STAT Software: Changes and Enhancements through Release 6.11. SAS Inst. Inc., Cary, NC.

VIEIRA, S.R.; MILLETE, J.; TOPP, G.C.; REYNOLDS, W.D. Handbook for geostatistical analysis of variability in soil and meteorological paramaters. In: ALVAREZ V.H. Tópicos em Ciência do Solo II.Viçosa - MG: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo, v.2, p.1-45, 2002.