Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

Geoestatística no Estudo da Distribuição Longitudinal de Sementes de Milho em Uma Semeadora-Adubadora de Precisão

DOI: http://dx.doi.org/10.12702/I-SGEA-a39

 

downloadpdf

Rone B. Oliveira1, Julião S. S. Lima2, Alessandra F. Silva3, Ulisses R. Antuniassi4 & Samuel A. Silva5

 

Resumo: O objetivo deste estudo foi avaliar a distribuição longitudinal de sementes de milho em duas velocidades de deslocamento de uma semeadora-adubadora de precisão, pela estatística clássica e geoestatística. Para isso, foi construída uma malha de amostragem regular, com distância entre os pontos de 10 m, totalizando 100 pontos amostrais em cada área. Cada ponto amostral constituiu uma área de 3,6 m2 (1,8 x 2,0 m), onde se mediu a percentagem de espaçamentos aceitáveis, duplos e falhos entre plantas, após semeadura nas velocidades de deslocamento de 4,58 e 5,94 km h-1. Os dados foram analisados pela estatística clássica e geoestatística. A percentagem de espaçamentos aceitáveis e falhos apresentou diferença significativa entre as velocidades de 4,58 e 5,94 km h-1. Os resultados indicaram ausência de dependência espacial para as percentagens de espaçamentos estudados (aceitáveis, falhos e duplos) nas duas velocidades, indicando que estudos e inferências estatísticas podem ser realizados com base em parâmetros da estatística clássica para distância maior que a menor utilizada na amostragem.

Palavras-chave: cultura do milho, variabilidade espacial, estatística clássica

 

Abstract: The aim of this study was to evaluate the longitudinal distribution of maize seeds in two different speeds of a precision seeder, through classical and geostatistics. A regular grid sample, totalizing 100 points in each area, was built with 10-meter distance among the points. Each sample point comprised 3.6 m2 (1.8 x 2.0 m) where the percentage of acceptable, double and fail spacing among the plants was measured after sowing at 4.58 and 5.94 km h-1 speed of dislocation. For data analyzes, the classical statistics and geostatistics were applied. The percentage of acceptable and failed spacing has shown significant difference between 4.58 and 5.94 km h-1 speed. The results has shown absence of spatial dependence regarding the percentage of the studied spacing (acceptable, fail and double) at both speeds, showing that studies and statistical inferences can occur based on parameters of classical statistics for higher distances than the shortest one used in the sampling.

Key words: corn crop, spatial variability, classical statistics.

 

1 Engo Agrônomo, FCA-UNESP,Depto Eng. Rural, Botucatu - SP, rbatista@fca.unesp.br
2 Engo Agrícola, Prof. Adjunto IV, CCA-UFES, Depto. Eng. Rural, Alegre-ES, limajss@yahoo.com.br
3 Enga. Agrônoma, FCA-UNESP/ Grupo de Estudos e Pesquisas Agrícolas Georreferenciadas (GEPAG), Botucatu - SP, alefagioli@hotmail.com
4 Engº Agrônomo, Prof. Titular, FCA-UNESP, Depto. Eng. Rural, Botucatu - SP, ulisses@fca.unesp.br
5 Engo Agrônomo, UFV, Depto Eng. Agrícola, Viçosa-MG, samuel-assis@hotmail.com

 

Literatura Citada

KLEIN, V. A.; SIOTA, T. A.; ANESI, A. L.; BARBOSA, R. Efeito da velocidade na semeadura direta de soja. Engenharia Agrícola, Jaboticabal, v.22, n.1, p.75-82, jan. 2002.

KURACHI, S. A. H.; COSTA, J. A. S.; BERNARDI, J. A.; COELHO, J. L. O.; SILVEIRA, G. M. Avaliação tecnológica de semeadoras e/ou adubadoras: tratamento de dados de ensaios e regularidade de distribuição longitudinal de sementes. Bragantia, Campinas, v.48, n.2, p.249-62, 1989.

MAHL, D.; GAMERO, C.A.; BENEZ, S.H.; FURLANI, C.E.A.; SILVA, A.R.B. Demanda energética e eficiência da distribuição de sementes de milho (Zea mays L.) sob variação de velocidade e condição de solo. Engenharia Agrícola, Jaboticabal, v.24, n.1, p.150-7, 2004.

MELLO, A. J. R. et al. Produtividade de híbridos de milho em função da velocidade de Semeadura. Engenharia Agrícola, Jaboticabal, v.27, n.2, p.479-486, maio/ago. 2007.

SILVA, S. L. Avaliação de semeadoras para plantio direto: demanda energética, distribuição longitudinal e profundidade de deposição de sementes em diferentes velocidades de deslocamento. 2000. 123 f. Tese (Doutorado em Energia na Agricultura) - Faculdade de Ciências Agronômicas, Universidade Estadual Paulista, Botucatu, 2000.

VIEIRA, S. R. Geoestatística em estudos de variabilidade espacial do solo. In: NOVAIS, R. F. de; ALVAREZ V., V. H.; SCHAEFER, C. E. G. R. (Ed.). Tópicos em ciência do solo. Viçosa: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo, 2000. v.1, p. 1-54.