Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

Variabilidade Espacial de Propriedades Físicas do Solo sob os Manejos: Cana Crua e Cana Queimada

DOI: http://dx.doi.org/10.12702/II-SGEA-a64

 

downloadpdf

João F. Silva Junior1, Livia A. Camargo2, Gener T. Pereira3, José Marques Júnior4 & Sísara R. Oliveira5

 

Resumo: Com o avanço do nível tecnológico na agricultura, aumento e intensidade de uso de maquinários nos solos, o processo de degradação vem acelerando cada vez mais. Assim o mapeamento da variabilidade espacial das propriedades físicas serve como indicadores para manejo localizado dessa degradação. A geoestatística é uma importante ferramenta na caracterização da variabilidade espacial e temporal das propriedades físicas do solo. Assim, foi instalada uma malha em cada área no espaçamento regular de 13,3 x 13,3 m totalizando 60 pontos em uma área cultivada cana crua e outra com cana queimada e foram coletadas amostras georreferenciadas, na profundidade 0,0-0,20 m, após foram levadas para o laboratório para realizar as seguintes análises: densidade de partícula, densidade do solo, macroporosidade, microporosidade e porosidade total do solo. Em seguida com os resultados dos dados foram submetidos à análise descritiva e geoestatística. Verificou-se que pelo intenso trafego de máquinas no manejo da cana crua, a área tornou-se mais heterogênea em relação à área submetida ao manejo cana queimada.

Palavras-chave: agricultura de precisão; krigagem; Saccharum spp.

 

Abstract: With the advancement of technological level in agriculture, and increased intensity of use of machinery in the soil, the degradation process has been accelerating ever more. So mapping the spatial variability of physical properties serve as indicators for localized management of this degradation. Geostatistics is an important tool for characterizing the spatial and temporal variability of soil physical properties. Thus, a mesh was installed in each area at regular intervals of 13.3 x 13.3 m total of 60 points in an area cultivated with sugarcane and other sugar cane burning and georeferenced samples were collected at a depth 0.0 to 0.20 m after were taken to the lab to perform the following analysis: particle density, bulk density, macroporosity and total porosity of soil. Then with the results of the data were subjected to descriptive analysis and geostatistics. It was found that the intense traffic of machines in the management of sugarcane, the area became more heterogeneous in relation to the management area under sugarcane burning.

Key words: precision agriculture; kriging; Saccharum spp.

 

1 EngºAgrônomo, pós-graduando em Agronomia – Ciência do Solo, UNESP/Jaboticabal/Depto, de Ciências Exatas, Via de Acesso Prof. Paulo Donato Castellane s/n 14884-900 Jaboticabal - SP, joaojrsilva@yahoo.com.br
2 EngªAgrônoma, pós-graduando em Agronomia – Produção Vegetal, UNESP/Jaboticabal/Depto, de Solos e Adubos, Via de Acesso Prof. Paulo Donato Castellane s/n 14884-900 Jaboticabal - SP, li_arantes@yahoo.com.br
3 Estatístico, Professor Adjunto, UNESP/Jaboticabal/Depto, de Ciências Exatas, Via de Acesso Prof. Paulo Donato Castellane s/n 14884-900 Jaboticabal - SP, genertp@fcav.unesp.br
4 EngºAgrônomo, Professor adjunto, UNESP/Jaboticabal/Depto, de Solos e Adubos, Via de Acesso Prof. Paulo Donato Castellane s/n 14884-900 Jaboticabal - SP, jrmarques@fcav.unesp.br
5 EngªAgrônoma, pós-graduando em Agronomia – Ciência do Solo, UNESP/Jaboticabal/Depto, de Ciências Exatas, Via de Acesso Prof. Paulo Donato Castellane s/n 14884-900 Jaboticabal - SP, rocha_sisara@hotmail.com.br

 

Literatura Citada

MIRANDA, E. E. V. Modelagem e mapas de capacidade suporte de carga de solos cultivados com cana-de-açúcar, 2006. 97f. Tese (Doutorado) Botucatu. Universidade Estadual Paulista. Faculdade de Ciências Agronômicas.

CAMBARDELLA, C. A.; MOORMAN, T. B.; NOVAK, J. M.; PARKIN, T. B.; KARLEN, D. L.; TURCO, R. F.; KONOPKA, A. E. Field-scale variability of soil properties in central Iowa soils. Soil Science Society America Journal, Madison, v.58, n. 5, p. 1.501-11, 1994.

MINITAB Statistical Software, version 14.0, 2004. Minitab inc., state college, pa.

CORÁ, J. E.; ARAUJO, A. V.; PEREIRA, G. T.; & BERALDO, J. M. G.Variabilidade espacial de atributos do solo para adoção do sistema de agricultura de precisão na cultura de cana-de-açúcar. Revista Brasileira de Ciência do Solo, 28:1013-1021, 2004.

CORÁ. J.E. The potential for site-specific management of soil and yield variability induced by tillage. 1997. 104f. (Tese de Doutorado) East Lansing. Michigan State University.

EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA - EMBRAPA. Centro Nacional de Pesquisa de Solos. Sistema brasileiro de classificação de solos. 2.ed. Rio de Janeiro, 2006. 306p.

GAMMA DESIGN SOFTWARE, 1998. GS+ Geostatistics for the Enviromental Sciences 3.07. Gamma Design Software, MI, USA.

TRANGMAR, B. B.; YOST, R. S.; WADE, M. K.; UEHARA, G. Applications of geostatistics to spatial studies of soil properties. Advances in Agronomy, v.38, p.45-94, 1985.

SOUZA. L. S.; COGO. N. P.; VIEIRA. S. R. Variabilidade de propriedades físicas e químicas do solo em um pomar cítrico. Revista Brasileira de Ciência do Solo. Viçosa. v.21. n.3. p.367-372. 1997.

SOUZA, Z.M. et al. Variabilidade espacial de atributos físicos em um Latossolo Vermelho Distrófico sob semeadura direta, em Selvíria, MS. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v.25, p.699-707, 2001.

SURFER for Windows. Surface Mapping System. Golden Software, version 9.11.947, 2009.

CERRI. D. G. P. Agricultura de precisão em cana-de-açúcar: instrumentação de uma colhedora, mapeamento da produtividade e de atributos do solo, 2005. 173f. Tese (Doutorado) Campinas. Faculdade de Engenharia Agrícola. Universidade Estadual de Campinas.

VIEIRA, S. R. Geoestatística em estudos de variabilidade espacial do solo. In: NOVAIS, R. F.; ALVAREZ, V. V. H.; SCHAEFER, C. E. Tópicos em ciência do solo. Viçosa: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo, p.1-54, 2000.

VIEIRA, S. R; HATFIELD, J. L.; NIELSEN, D. R; BIGGAR, J. W. Geostatistical theory and application to variability of some agronomical properties. Hilgardia, Oakland, V. 51, n. 3, p. 1-75, 1983.