Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

Variabilidade Temporal da Temperatura do Ar e Umidade em Ambiente com Tela Termorrefletora

DOI: http://dx.doi.org/10.12702/II-SGEA-a65

 

downloadpdf

Francisco A. L. Sales1, Elivânia M. S. Nascimento2, Daniel F. Brasil3 & Beatriz M. Sousa4

 

Resumo: A utilização de estufas agrícolas para a produção vegetal vem ganhando mais espaço entre os produtores rurais, contudo as condições de clima tropical que o Brasil está inserido fazem com que seja necessária, na maioria dos casos, uma climatização dos ambientes. Este trabalho visa analisar a utilização de tela termorrefletora com o objetivo de amenizar a variação da temperatura e umidade interna em estufas. Para está análise foram instalados data loggers no centro geométrico dos ambientes que coletavam dados de temperatura e umidade a cada 15 minutos durante 56 dias em duas estufas com mesmas características, diferenciado entre si pelo uso de telas termorrefletora na altura do pé direito. Após a coleta de dados foi realizada uma análise geoestatística e krigagem para geração dos mapas facilitando a visualização. Com isso pode-se concluir que o uso da tela termorrefletora instalada horizontalmente a altura do pé direito reduz a temperatura durante as horas mais quente do dia em estufas.

Palavras-chave: estufa; climatização; geoestatística.

 

Abstract: The use of greenhouses for crop production is gaining more space between the farmers, however the Brazil’s tropical weather makes necessary in most of the cases a cooling of the greenhouses. This study aimed to analyze the use of the thermo-reflective screen with the objective of relieve the variation of indoor temperature and humidity in greenhouses. For this analysis, data were collected every 15 minutes for 56 days in two greenhouses with the same characteristics, with the thermo-reflective screen installed at different heights in relation of the ground. After the data collection, geostatistics analysis and kriging analysis was performed to generate maps for an easier viewing. It can be concluded that the use of the thermo-reflective screen reduces the temperature during the hottest hours of the day and keeps the higher temperature at night-time than greenhouses that use the thermal reflective mesh.

Key words: greenhouse; heating; geostatistics.

 

1 Mestrando em Engenharia Agrícola,Universidade Federal do Ceará/Departamento de Engenharia Agrícola, Bloco 804, Campus do Pici, alexandreirr@hotmail.com
2 Mestranda em Engenharia Agrícola,Universidade Federal do Ceará/Departamento de Engenharia Agrícola, elivania_sousa@yahoo.com.br
3 Mestrando em Engenharia Agrícola,Universidade Federal do Ceará/Departamento de Engenharia Agrícola, danielbrasil@hotmail.com
4 Mestranda em Engenharia Agrícola,Universidade Federal do Ceará/Departamento de Engenharia Agrícola, bia5ms@hotmail.com

 

Literatura Citada

ANDRADE, A. R. S.; GUERRINI, I. A.; GARCIA, C. J. B.; KATEZIV, I.;GUERRA, H. O. C. Variabilidade espacial da densidade do solo sob manejo da irrigação. Revista Ciência e Agrotecnologia. vol.29, n.2, Lavras,Mar/Abr,2005.

COSTA, C. C.; CECÍLIO FILHO, A. B.; REZENDE, B. L. A.; BARBOSA, J. C.; GRANGEIRO, L. C.Viabilidade agronômica do consórcio de alface e rúcula, em duas épocas de cultivo. Horticultura brasileirav. 25, p. 34- 40, 2007.

FARIAS, N. L.Variabilidade Espacial de Atributos Físico-Hidrícos dos Solos da Região Norte Fluminense. 2008. Dissertação (Mestrado em Ciências), Pós-Graduação em Agronomia, Área de Concentração em Ciência do Solo, Seropédica. 2008.

GOLDEN SOFWARE - SURFER FOR WINDOWS.Superface mapping system.New York, versão 9, 2009.

GS+.Geoststistical for Environmental Sciences.Version 5.0. Michigan: Gamma Design Sotware, 2000.

INTERGOVERNMENTAL PANEL ON CLIMATE CHANGE – IPCC (2001) Climate change 2001: Impacts,adaptation and vulnerability. Working Group II. TAR: Summary for Policymakers. Available at http://www.meto.gov.uk/sec5/CR_div/ipcc/wg1/WG1-SPM.pdf.

SENTELHAS, P. C.; SANTOS, A. O. Cultivo protegido: aspectos microclimáticos. Revista Brasileira de Horticultura Ornamental, v.1, n.2, p. 108-115, 1995.

SGANZERLA, E. Nova Agricultura: A fascinante arte de cultivar com os plásticos. 5.ed. Guaíba: Agropecuária, 1995, 342p.

SILVA, E. T. da.; BYLLARDT, L. V. B.; GOMES, S.; WOLF, G. D. Comportamento da temperatura do ar sob condições de cultivo em ambiente protegido. Revista Acadêmica: ciências agrárias e ambientais, Curitiba, v.1, n.1, p. 51-54, 2003.

ZIMBACK, C. R. L. Análise espacial de atributos químicos de solos para fins de mapeamento da fertilidade. 2001. 114 f. Tese (Livre-Docência em Levantamento do solo e fotopedologia) – Faculdade de Ciência Agronômica, Universidade Estadual Paulista, Botucatu, 2001.