Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

Espacialização das Concentrações Estimadas de Hexazinona na Água Subterrânea Considerando Diferentes Lâminas de Irrigação

DOI: http://dx.doi.org/10.12702/III-SGEA-a25

 

downloadpdf

Diego A. C. Moraes1, Célia R. L. Zimback2 & Claudio A. Spadotto3

 

Resumo: Este trabalho teve como objetivo espacializar as estimativas das concentrações de Hexazinona na água subterrânea, considerando diferentes lâminas de irrigação. Para a obtenção das estimativas das concentrações foi utilizado o sistema computacional ARAquá, o qual utiliza parâmetros relacionados ao clima, solo e defensivo agrícola em seus cálculos. Com a obtenção das estimativas nos pontos amostrados no estudo, foi realizada a análise geoestatística com a finalidade de verificar a dependência espacial entre as amostras e ajustar os variogramas obtidos. Foi utilizado processo de interpolação por Krigagem na elaboração dos mapas temáticos. Para todas as lâminas de irrigação anuais consideradas no estudo, não houve concentrações estimadas acima do valor para o padrão de potabilidade. A geoestatística, por meio da análise de variogramas e interpolação por krigagem, contribuiu fortemente na espacialização das concentrações estimadas de Hexazinona na água subterrânea.

Palavras-chave: geoestatística; defensivo agrícola; krigagem

 

Abstract: This study aimed to spatialize estimating concentrations of Hexazinone in groundwater considering different irrigation doses. To obtain the estimating concentrations was used ARAquá software, which uses parameters related to weather, soil and pesticide in their calculations. After obtaining the estimating of the sampling sites in the study, geostatistical analysis was performed in order to verify the spatial dependence between the samples and adjust the variograms. It was used the Kriging interpolation process to obtain the thematic maps. For all annual irrigation doses considered in the study, there were no estimating concentrations above the value for the potability standards. The geostatistics, by variogram analysis and kriging, contributed heavily on the spatialization of estimating concentrations of Hexazinone in groundwater.

Key words: geostatistics, pesticide, kriging.

 

1 Doutorando em Irrigação e Drenagem, Faculdade de Ciências Agronômicas/UNESP - Rua José Barbosa de Barros, 1780 CEP: 18610-307 Botucatu, SP – Brasil. Caixa-Postal: 237 diegomoraes@fca.unesp.br
2 Prof. Adjunto do Departamento de Recursos Naturais, FCA/UNESP - Rua José Barbosa de Barros, 1780 CEP: 18610-307 Botucatu, SP – Brasil. Caixa-Postal: 237, czimback@gmail.com
3 Engenheiro Agrônomo, Ph.D., Embrapa Gestão Territorial – Av. Soldado Passarinho, 303, Fazenda Chapadão, Campinas – SP, Brasil. claudio.spadotto@embrapa.br

 

Literatura Citada

ENVIRONMENTAL PROTECTION AGENCY. 2004 edition of the drinking water standards and health advisories. Washington, DC: Office of water, 2004. Disponível em: <http://www.epa.gov/waterscience/criteria/drinking/dwstandards2004.pdf>. Acesso em: 23 fev. 2011.

GROSSI, C. H.. Sistema de Informação Geográfica - BASINS 3.0 na Modelagem Hidrológica da Bacia Experimental do Rio Pardo, SP. 2003. 101 f. Dissertação (Mestrado) - Unversidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho, Botucatu, 2003.

LESSA, L. G. F. Simulação da produção de sedimentos na bacia hidrográfica do Rio Pardo - Botucatu/sp, por modelagem hidrológica. 2011. 141 f. Tese (Doutorado)-Faculdade de Ciências Agronômicas de Botucatu, Universidade Estadual Paulista, Botucatu, 2011. Disponível em: <http://www.fca.unesp.br/pos_graduacao/Teses/index.php?programa=2&curso=2&MM_insert=form1>. Acesso em: 06 out. 2011.

MAO, M.; REN, L.. Simulating Nonequilibrium Transport of Atrazine Through Saturated Soil. Ground Water, Westerville, n. , p.500-508, 01 jul. 2004.

NATIONAL PESTICIDE INFORMATION CENTER. OSU extension pesticide properties database. 1994. Disponível em: <http://npic.orst.edu/ingred/ppdmove.htm>. Acesso em: 28 set. 2011.

QUEIROZ, S. C. N. et al. Monitoramento do herbicida hexazinone em água subterrânea na microbacia do Córrego Espraiado, região de Ribeirão Preto/SP. Jaguariúna: Embrapa, 2005. Disponível em: <http://www.cnpma.embrapa.br/public/public_pdf21.php3?tipo=ct&id=65>. Acesso em: 28 set. 2011.

ROBERTSON, G. P. GS+: Geoestatistics for the environmental sciences – GS+ User´s Guide. Plainwell, Gamma Desing Software, 2004. 152 p.

SPADOTTO, C. A. et al. ARAquá: programa para avaliação de risco ambiental de agrotóxico. Campinas: Embrapa Monitoramento por Satélite, 2009. 15 p. (Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento, 7).

VIEIRA, S. R.; HATFIELD, T. L.; NIELSEN, D. R.; BIGGAR, J. W. Geostatistical theory and application to variability of some agronomical properties. Hilgardia, v. 51, n. 3, p. 1-75, 1983.

ZIMBACK, C. R. L. Levantamento semidetalhado dos solos da bacia do Rio Pardo nos Municípios de Pardinho e Botucatu. Botucatu: FEPAF, FCA-UNESP, 1997. 55 p.

ZIMBACK, C.R.L. Análise espacial de atributos químicos de solos para fins de mapeamento da fertilidade. Tese de Livre-Docência. 114 f. Botucatu: FCA/UNESP, 2001.