Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

Variabilidade Espacial da Erosividade da Chuva para o Estado da Bahia

DOI: http://dx.doi.org/10.12702/III-SGEA-a50

 

downloadpdf

Matheus R. Lopes1, Samuel A. Silva2 & Yasmine S. Cardoso3

 

Resumo: A erosão hídrica resulta, basicamente, da erosividade da chuva e da erodibilidade do solo. O conhecimento da erosividade torna-se, portanto, um guia valioso na recomendação de práticas de manejo de solo que visem a reduzir a erosão hídrica. Este trabalho teve como objetivo determinar o potencial erosivo das chuvas e a sua variabilidade espacial, construindo mapas temáticos para a orientação futura da tomada de decisão quanto a práticas conservacionistas e de uso do solo. A erosividade da chuva foi estimada para 71 postos pluviométricos no Estado da Bahia com base nos dados da ANA. Os dados foram submetidos, inicialmente, a uma estatística descritiva e exploratória e posteriormente à análise geoestatística. Existe variabilidade espacial para a erosividade das chuvas no Estado da Bahia, sendo que os lugares com maior ação da energia cinética possuem uma maior probabilidade de processos erosivos.

Palavras-chave: erosividade; variabilidade espacial; postos pluviométricos

 

Abstract: Water erosion results, primarily, from rainfall erosivity and soil erodibility. Knowledge of erosivity becomes, therefore, a valuable guide on the recommendation of management practices aimed at reducing soil erosion by water. This study aimed to determine the erosive potential of rainfall and its spatial variability, building thematic maps to guide future decision-making about conservation practices and land use. The rainfall erosivity was estimated to 71 rain gauge stations in the state of Bahia based on ANA data,. The data were initially submitted to an exploratory and descriptive statistics and later to the geostatistical analysis. There is spatial variability in rainfall erosivity in the State of Bahia, and the places with the highest share of kinetic energy have a greater likelihood of erosion

Key words: erosivity; spatial variability; pluviometric posts

 

1 Graduando em Agronomia, Universidade Estadual de Santa Cruz, Departamento de Ciências Agrárias e Ambientais, Rod. Jorge Amado, Salobrinho, Ilhéus, BA, e-mail: matheus_lopes@outlook.com
2 Prof. Assistente, Dr. Em Engenharia Agrícola, Universidade Estadual de Santa Cruz, Departamento de Ciências Agrárias e Ambientais, e-mail: sasilva@uesc.br
3 Graduanda em Agronomia, Universidade Estadual de Santa Cruz, Departamento de Ciências Agrárias e Ambientais, Rod. Jorge Amado, Salobrinho, Ilhéus, BA, e-mail: soares.yasmine@gmail.com

 

Literatura Citada

BERTONI, J.; LOMBARDI NETO, F. Conservação do solo. Sao Paulo: Icone, 1999.

HUDSON, N.W. Soil conservation. Ithaca, Cornell University Press, 1977. 320p

MELLO, C.R.; SÁ, M.A.C.; CURI, N.; MELLO, J.M.; VIOLA, M.R.; SILVA, A.M. Erosividade mensal e anual da chuva no Estado de Minas Gerais. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v. 42, n. 4, p. 134-141, 2007.

SILVA, S.A.; LIMA, J.S.S.; SOUZA, G.S.; OLIVEIRA, R.B. Variabilidade espacial do potencial erosivo das chuvas para o Estado do Espírito Santo, Brasil. Irriga, v. 15, n. 3, p. 312-323, 2010.

SILVA, S.A.; LIMA, J.S.S.; SOUZA, G.S.; XAVIER, A.C. Distribuição e incerteza da acidez de um Latossolo vermelho-amarelo húmico sob cultivo de café. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v. 33, p. 1053-1060, 2009.

WARRICK, A.W.; NIELSEN, D.R. Spatial variability of soil physical properties in the field. In: HILLEL, D. (Ed.). Applications of soil physics. New York: Academic Press, 1980. p.319-44.

WISCHMEIER, W.H. A rainfall erosion index for a universal soil-loss equation. Soil Sci. Soc. Am. Proc., 23:246-249, 1959.

ZIMBACK, C. R. L. Análise espacial de atributos químicos de solos para fins de mapeamento da fertilidade do solo. 2001. 114 f. Tese (Livre-Docencia)–Faculdade de Ciencias Agronomicas, Universidade Estadual Paulista, Botucatu, 2001.