Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

Variabilidade Espacial dos Atributos Químicos do Solo em Um Agroecossistema de Terras Baixas

DOI: http://dx.doi.org/10.12702/III-SGEA-a59

 

downloadpdf

Lúcia E. C. Cruz1, José M. F. Alba2, Jose M. B. Parfitt3 & Clenio N. Pillon4

 

Resumo: A região sul do Rio Grande do Sul é bastante dependente economicamente da atividade primária, principalmente da cultura do arroz irrigado. A utilização cada vez maior dos solos de terras baixas com a agricultura convencional, associado à monocultura do arroz irrigado, tem provocado alterações na fertilidade do solo ao longo do tempo. O objetivo deste trabalho foi avaliar a variabilidade espacial dos atributos químicos do solo e o comportamento desses atributos em duas profundidades diferentes em uma lavoura de arroz irrigado no sul do Brasil. O trabalho foi desenvolvido na Estação Experimental Terras Baixas da Embrapa Clima Temperado, Capão do Leão, RS. O solo foi amostrado em uma malha regular georreferenciada, com distância entre pontos de 10 m, formando uma malha de 100 pontos. As coletas foram realizadas em 2008 e 2010, nas profundidades 0,0 – 0,20 e 0,0 – 0,025 m, respectivamente. Os atributos químicos (pH, P, K, Ca, Mg e COT) foram analisados por meio da estatística clássica e a dependência espacial por meio da geoestatística. A variabilidade espacial dos atributos químicos do solo no agroecossistema de Terras Baixas apresenta um comportamento estável em profundidade, confirmada pela distribuição das linhas de contorno similar nas duas profundidades analisadas.

Palavras-chave: fertilidade do solo; geoestatística; agricultura de precisão.

 

Abstract: The Southern region of Rio Grande do Sul State (Brazil) depends on primary economic activities, mainly irrigated rice. Conventional agriculture dominates the lowlands systems for that crop, thus the soil fertility was harmed over time. The spatial variability of the chemical parameters of soil were evaluated according to two depths in a irrigated rice area in the experimental station “Terras Baixas”, municipality of Capão do Leão, Rio Grande do Sul State, Brazil. Soil was sampled in a regular grid, georeferenced, with distance between points of 10 m and total of 100 points. Samples were collected in 2008 and 2010, in two depths, 0,0 – 0,20m and 0,0 – 0,025 m, respectively. Procedures of conventional statistics and geostatistical methods were applied on the chemical variables (pH, P, K, Ca, Mg and COT). The spatial variability of these variables in the ecosystems of lowlands shows steady behavior in depth with similar distribution of contour lines in each layer.

Key words: soil fertility; geostatistical; precision agriculture

 

1 Eng. Agrônoma, Pós-Doutoranda, Embrapa Clima Temperado/Lab. Planejamento Ambiental, BR 392 Km 78 - Cx P. 403, CEP 96010-971 - Pelotas - RS, luciaecruz@yahoo.com.br
2 Pós-Doutor em Geociência, Pesquisador Embrapa Clima Temperado/Lab. Planejamento Ambiental, josé.filippini@embrapa.br
3 Eng. Agrônomo D.Sc., Pesquisador Embrapa Clima Temperado/Estação Experimental Terras Baixas, jose.parfitt@embrapa.br
4 Eng. Agrônomo D.Sc., Pesquisador, Chefe Geral da Embrapa Clima Temperado/Departamento, chgeral@cpact.embrapa.br

 

Literatura Citada

BALASTREIRE, L. A.; ELIAS, I. A.; AMARAL, J. R. Agricultura de Precisão: Mapeamento da Produtividade da Cultura do Milho. Engenharia Rural, ESALQ/USP, 1998.

CARVALHO, J. R. P.; SILVEIRA, P. M.; VIEIRA, S. R. Geoestatística na determinação da variabilidade espacial de características químicas do solo sob diferentes preparos. Pesquisa agropecuária brasileira, Brasília, v. 37, n. 8, p. 1151-1159, 2002.

CLARK, I. Practical Geostatistics. Elsevier, London, p.129. 1984.

CRUZ, L. E. C., Dinâmica de decomposição de resíduos culturais em sistemas rotacionados de manejo em um Planossolo Háplico do sul do Brasil. 2009. 118f. Tese (Doutorado em Produção Vegetal) - Faculdade de Agronomia Eliseu Maciel, Universidade Federal de Pelotas, Pelotas.

EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA - EMBRAPA. Manual de métodos de análise de solo. 2. ed. Rio de Janeiro: Centro Nacional de Pesquisa de Solos, 1997. 212 p.

EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA - EMBRAPA. Sistema Brasileiro de Classificação dos Solos. 2. ed. Rio de Janeiro: Centro Nacional de Pesquisa de Solos, 2006. 306 p.

ESRI, ArcGIS 9.3 – ArcMap (Software). Redlants:ESRI, 2008. 1 DVD.

FILIPPINI ALBA, J.M.; BERNY, V. M.; COSTA, F. A. DA. Geoprocessamento no contexto de empresas de pesquisa. Pelotas: Embrapa Clima Temperado. Documentos 254. 2009. 44 p.

GAMMA DESIGN SOFTWARE. GS+ - Geostatistics for the Environmental Sciences. Version 7.0. Michigan: 2004. 1 CD-ROM.

MAFRA, M. S. H.; CASSOL, P. C.; MIQUELLUTI, D. J.; ERNANI, P. R.; GATIBONI, L. C.; FERREIRA, E. Z.; BARROS, M.; ZALAMENA, J.; GROHSKOPF, M. A. Atributos químicos do solo e estado nutricional de videira Cabernet Sauvignon (Vitis vinifera L.) na Serra Catarinense. Revista de Ciências Agroveterinárias, Lages, v.10, n.1, p. 44-53, 2011.

PARFITT, J. M. B. Impacto da sistematização sobre atributos físicos, químicos e biológico em solos de varzea. 2009. 97f. Tese (Doutorado em Solos) - Faculdade de Agronomia Eliseu Maciel, Universidade Federal de Pelotas, Pelotas.

PIMENTEL-GOMES, F. A estatística moderna na pesquisa agropecuária. Piracicaba: Associação Brasileira para Pesquisa da Potassa e do Fosfato, 1984. 160 p.

SPSS. SPSS 12.0 for Windows and SmartViewer. Chicago: SPSS Inc. 2003, 1 CD-ROM.

TEDESCO, M. J.;GIANELLO, C.; BISSANI, C. A.; BOHNEN H.; VOLKWEISS S. J. Análises de solo, plantas e outros materiais. Porto Alegre: Faculdade de Agronomia. Departamento de Solos Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 1995. p. 89-105.

VIEIRA, S.R.; XAVIER, M. A; GREGO, C. R. 2008. Aplicações de geoestatística em pesquisa com cana-deacúcar. In: MIRANDA-DINARDO, L. L.; VASCONCELOS, A C. M.; LANDELL, M. G. A (Eds.). Cana-de-acúcar, Campinas: Instituto Agronômico. P. 839-852.

ZIMBACK, C.R.L. Análise espacial de atributos químicos de solos para fins de mapeamento da fertilidade. 2001. 114 f. Tese de Livre-Docência (Livre-Docência em Levantamento do solo e fotopedologia) – Faculdade de Ciências Agronômica, Universidade Estadual de São Paulo, São Paulo.