Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Variabilidade Espacial de Atributos Físicos de Um Latossolo Vermelho Explorado Sob Sistema Intensivo de Produção no Cerrado

DOI: http://dx.doi.org/10.12702/IV-SGEA-a07

 

downloadpdf

Sena, K. N.1; Leal, A. J. F.2; Roque, C. G.3; Leal, U. A. S.4

 

Resumo: A resistência do solo à penetração influência no desenvolvimento vegetal, uma vez que o crescimento das raízes e a produtividade das culturas é reduzido com o aumento da mesma. O objetivo do presente trabalho foi determinar a variabilidade espacial dos atributos físicos do solo (resistência mecânica do solo à penetração - RP, densidade do solo - DS e densidade de partículas - DP, porosidade total - PT, umidade volumétrica - UV e gravimétrica UG); avaliar a correlação e a influência desses atributos sobre a resistência mecânica do solo à penetração de um Latossolo Vermelho sob sistema intensivo de produção no cerrado. A área em estudo foi cultivada em sistema plantio direto, com a sequência soja/milho safrinha e dois anos com algodoeiro. Os atributos físicos foram avaliados nas camadas de 0,0-0,1; 0,1-0,2; 0,2-0,3 e 0,3-0,4 m em uma malha amostral 56 pontos. Todos os atributos apresentaram moderada a alta dependência espacial, com alcance médio de 900 m. O modelo gaussiano mostrou-se adequado para descrever a maioria dos semivariogramas experimentais construídos. Os valores da resistência a penetração variaram entre 0,4 e 5,6 MPa. Foi observada correlação espacial apenas entre os atributos RP e DS. Estas apresentaram estreita relação, sendo um parâmetro potencial para delimitar áreas de manejo específico.

Palavras-chave: Manejo do solo; sistema plantio direto; qualidade física do solo; dependência espacial.

 

Abstract: The soil penetration resistance influences on plant since the growth of roots and crop yield are reduced with an increase therein. The objective of this study was to estimative spatial variability of soil physical properties (penetration resistance, soil bulk density and particle density, total porosity, volumetric and gravimetric moisture content). In addition, to evaluate the correlation and the influence of these attributes on the mechanical resistance to penetration (RP) of an Oxisol under intensive farming in the cerrado. The area was cultivated in no-tillage system with soybean as a summer cover crop, corn as a winter cover crop and cotton for two years in summer. The soil physical attributes were evaluated into layers of 0.0-0.10; 0.10-0.20, 0.20-0.30 and 0.30-0.40 m in a grid sampling of 56 points to the other soil physical properties. All attributes were moderately high spatial dependence, range of 900 m. The Gaussian model was proper to describe most of the experimental semivariogram constructed. The values of the penetration resistance are varying between 0.4 and 5.6 MPa. There is a spatial correlation only between RP and DS. Therefore, the use of RP allows the creation of soil management zones.

Key words: Soil management; no-tillage system; physical quality of soil; spacial dependence.

 

1 Eng. Agrônoma, UFMS, Rodovia MS 306, Km 105, Zona Rural - Chapadão do Sul, MS, karlla_senna@hotmail.com
2 Eng. Agrônomo, UFMS/Fertilidade do Solo e Adubação, Rodovia MS 306, Km 105, Zona Rural - Chapadão do Sul, MS, aguinaldo.leal@ufms.br
3 Eng. Agrônomo, UFMS/Conservação do Solo, Rodovia MS 306, Km 105, Zona Rural - Chapadão do Sul, MS, cassiano.roque@ufms.br
4 Matemática, UFMS/Teoria do Controle e Otimização, Rodovia MS 306, Km 105, Zona Rural - Chapadão do Sul, MS, ulcilea.leal@ufms.br

 

Literatura Citada

CASTRO, M.A.; CUNHA, F.F.; LIMA, S.F.; MAGALHÃES, F.F.; CRUZ, G.H.M. Atributos físico-hídricos do solo ocupado com pastagem degradada e floresta nativa no cerrado Sul-Mato-Grossense. Brazilian Geographical Journal: Geosciences and Humanities research medium, Ituiutaba, v.3, n.2, p. 498-512, 2012.

EMBRAPA. Centro Nacional de Pesquisa de Solos (Rio de Janeiro, RJ). Manual de métodos de análise de solo 2. Edição Revista Atual. Rio de Janeiro, 1997. 212p.


DALCHIAVON, F.C.; CARVALHO, M.P.; ANDREOTTI, M. & MONTANARI, R. Variabilidade espacial de atributos da fertilidade de um Latossolo Vermelho distroférrico sob sistema plantio direto. Revista Ciência Agronômica, 43:453-461, 2012.

EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA - EMBRAPA. Sistema brasileiro de classificação de solos. 3º ed. Brasília, 2013. 353p.

FREDDI, O. S.; CARVALHO, M. P.; CARVALHO, G. J. VERONESE JUNIOR, V. Produtividade do milho relacionada com a resistência mecânica à penetração do solo sob preparo convencional. Engenharia Agrícola, Jaboticabal, v. 26, n. 1, p.113-121, 2006.

GS+: Geostatistics for environmentalsciences. 7. ed. Michigan, Plainwell: Gamma Desing Software, 2004. 159p.

LIMA, C. G. R; CARVALHO, M. P.; MELLO, L. M. M.; LIMA, R. C. Correlação linear e espacial entre a produtividade de forragem, a porosidade total e densidade do solo de Pereira Barreto (SP). Revista Brasileira de Ciência do Solo, Viçosa, MG, v. 31, p.1233 -1244, 2007.

MOLIN, J.P. et al. Variação especial na produtividade de milho safrinha devido aos macronutrientes e a população de plantas. Revista Brasileira de Milho e Sorgo, Sete Lagoas, v.6, n.3, p.303-324, 2007.

MONTANARI, R. et al. Aspectos da produtividade do feijão correlacionados com atributos físicos do solo sob elevado nível tecnológico de manejo. Revista Brasileira de Ciencia do Solo, Viçosa, MG, v.34, n.6, p.1811-1822, 2010.

PIMENTEL-GOMES, F. P., GARCIA, C. H. Estatística aplicada a experimentos agronômicos e florestais. Piracicaba: FEALQ, 2002. 309p.

ROSA FILHO, G. et. al. Variabilidade da produtividade da soja em função de atributos físicos de um latossolo vermelho distroférrico sob plantio direto. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v. 33, n. 2, 2009.

SILVA, M. G.; ARF, O.; ALVES, M. C.; BUZETTI, S. Sucessão de culturas e sua influência nas propriedades físicas do solo e na produtividade do feijoeiro de inverno irrigado, em diferentes sistemas de manejo do solo. Bragantia, Campinas, v.67, n.2, p.335-347, 2008.

SCHLOTZHAVER, S. D.; LITTELL, R. C. SAS system for elementary statical analysis. 2º ed. Cary: SAS, 1997. 441p.

SOUZA, Z. M., CAMPOS, M. C. C., CAVALCANTE, Í. H. L.et al. Dependência espacial da resistência do solo à penetração e do teor de água do solo sob cultivo contínuo de cana-de-açúcar. Ciência Rural - Santa Maria, v.36, n.1, p.128-134, 2006.

THIMÓTEO, C.M.S.; BENINI, E.R.Y.; MURATA, I.M.; TAVARES FILHO, J. Alterações da porosidade e da densidade de um Latossolo Vermelho Distrófico em dois sistemas de manejo de solo. Acta Scientiarum Agronomy, Maringá, v.23, n.5, p.1299-1303, 2001.

VIEIRA, S.R. Geoestatística em estudos de variabilidade espacial do solo. In: NOVAIS, R.F.; ALVAREZ, V.H.; SCHAEFER, C.E.G.R. (Ed.). Tópicos em ciência do solo. Viçosa: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo, 2000. V.1, p.1-53.