Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Análise Espacial dos Atributos Químicos do Solo por Meio da Geoestatística

DOI: http://dx.doi.org/10.12702/IV-SGEA-a16

 

downloadpdf

Zaher1, C. A.; Perusi2, M. C.; Flores3, E. F.

 

Resumo: As novas técnicas de manejo e cultivo do solo advindas da “modernização da agricultura” se mal dimensionadas resultam na degradação química e física dos solos. Nesse contexto, encontra-se o assentamento rural Horto Aimorés, localizado entre os municípios de Bauru e Pederneiras, São Paulo. O referido assentamento está dividido em duas Glebas, I e II. A Gleba I, analisada nesta pesquisa, possui 165 lotes distribuídos em 5.262 ha. No assentamento identificam-se quadros de degradação do solo manifestados na forma de compactação, erosão, perda da fertilidade, dentre outras, que comprometem a produção agrícola e consequentemente a manutenção e reprodução das famílias. Dessa maneira objetivou-se mapear a fertilidade do solo da Gleba I, compreendendo os seguintes atributos químicos: pH, matéria orgânica, P, Al+H, K, Ca, Mg, V% e CTC, através de métodos geoestatísticos, como a krigagem ordinária. Para tanto, trabalhou-se com 145 pontos de coleta definidos a partir da divisão dos lotes, abarcando diferentes usos: pastagem, mandioca, olerículas, área de mata, etc; assim, coletaram-se 10 amostras simples de solo na camada de 0-20 cm, para uma amostra composta. As análises químicas atestaram a deficiência dos nutrientes essenciais para um bom cultivo, além de um alto teor de acidez.

Palavras-chave: fertilidade do solo; krigagem ordinária; representação cartográfica

 

Abstract: The new cultivation techniques and soil management brought by the modernization of agriculture, if poorly designed may result in chemical and physical soil degradation. In this context, the rural settlement “Horto Aimorés” is located between the cities of Bauru and Pederneiras, São Paulo State, Brazil. This settlement is divided in two areas named “Gleba I” and “Gleba II”. The Gleba I, analyzed in this study, has 165 plots distributed over 5.262 ha. At the settlement some areas were identified having soil degradation such as: compaction, erosion, loss of fertility, among others, which impairs the agricultural production and consequently the maintaining of the settled families. Thus, this research aimed to perform the mapping of soil fertility of Gleba I including the following chemical properties: pH, organic matter, P, H + Al, K, Ca, Mg, V%, by geostatistical methods as ordinary kriging. The soil collected was done at 145 points defined by the plots, covering different uses as grass, cassava, vegetables, native wood area, etc., thus, 10 samples were collected at 0.0-0.20 m layer of soil to make a composite sample. Chemical analysis confirmed the deficiency of essential nutrients for good cultivation, and a high acid content on them.

Key words: soil fertility; ordinary kriging; cartographic representation

 

1 Mestre em Geografia pela FCT-UNESP/Programa de Pós-Graduação em Geografia, Rua Roberto Simonsen, 305- P. Prudente, SP; camilazaher@yahoo.com.br.
2 Professora Assistente Doutora/ Departamento de Geografia – UNESP/Câmpus Experimental de Ourinhos. Avenida Vitalina Marcusso, 1500, Ourinhos, SP; cristina@ourinhos.unesp.br
3 Professor Assistente Doutor /Departamento de Estatística – FCT-UNESP, Rua Roberto Simonsen, 305- P. Prudente, SP; efflores@fct.unesp.br./

 

Literatura Citada

AZEVEDO, A. C.; DALMOLIN, R. S. D. Solos e ambiente: uma introdução. Santa Maria: Palloti, 2006. 100p.

FREIRE, O. Solos das regiões tropicais. Botucatu: FEPAF, 2006. 271p.

GREGO, C. R. et al. Variabilidade espacial do solo e da biomassa epígea de pastagem, identificada por meio de geoestatística. Rev. Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v. 47, n. 9, p. 1404-1412, set. 2012. Disponível em: <http://seer.sct.embrapa.br/index.php/pab/article/view/11484/8005>. Acesso em: 15 fev. 2014. 

INCRA. Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária. Projetos de Reforma Agrária conforme fases de implementação. 2010. Disponível em: <http://pfdc.pgr.mpf.mp.br/atuacao-e-conteudos-de-apoio/publicacoes/reforma-agraria/questao-fundiaria/assentamentos_2001_a_2010.pdf>. Acesso em: 29 nov. 2013.

LANDIM, P. M. B. Análise estatística de dados geológicos. 2. ed. rev.aum. São Paulo: Editora UNESP, 2003. 253p.

MANZIONE, R. L. Variabilidade espacial de atributos químicos do soloem Araguari - MG. Botucatu, 2002. Dissertação (Mestrado em Ciências Agronômicas) - Faculdade de Ciências Agronômicas, Universidade Estadual Paulista, Botucatu, 2002. 

MELLO, A. F. et al. Fertilidade do solo. São Paulo: Nobel, 1983. 400p.

RAIJ, B. Fertilidade do solo e adubação. São Paulo; Piracicaba: Ceres, Potafos, 1991. 343p.

VETORATTO, J. A. Mapeamento da fertilidade do solo utilizando Sistema de Informação Geográfica. Botucatu, 2003. Dissertação (Mestrado em Ciências Agronômicas) - Faculdade de Ciências Agronômicas, Universidade Estadual Paulista, Botucatu, 2003.

YAMAMOTO, J. K.; LANDIM, P. M. B. Geoestatística: conceitos e aplicações. São Paulo: Oficina de Textos, 2013.

ZIMBACK, C. R. L. Análise espacial de atributos químicos de solo para fins de mapeamento da fertilidade do solo. Botucatu, 2001. Tese (Livre-docência em Ciências Agronômicas) - Faculdade de Ciências Agronômicas, Universidade Estadual Paulista, Botucatu, 2001.