Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Variabilidade Espacial de Atributos Físicos do Solo

DOI: http://dx.doi.org/10.12702/IV-SGEA-a18

 

downloadpdf

Lopes¹, B. B.; Carvalho Neto2, E. O.; Souza3, E. L. S.; Ramos4, C. M. C.; Olszevski5, N.

 

Resumo: A análise da variabilidade do solo, por meio da geoestatística, pode indicar alternativas de manejo, para reduzir os efeitos da variabilidade do solo sobre a produção das culturas. Dessa forma, o objetivo do trabalho foi estudar a variabilidade espacial da densidade do solo, densidade de partículas e a porosidade total através da estatística clássica e da geoestatística, determinando a dependência espacial desses atributos. O estudo foi realizado na Universidade Federal do Vale do São Francisco, no campus de Juazeiro-BA, em área experimental da Pós-Graduação em Engenharia Agrícola. A área possui 7.680 m2. As amostras foram retiradas de 81 pontos, referenciados, em uma malha amostral de 10x12 m. As propriedades estudadas foram a Densidade do solo, a densidade de partículas e a porosidade total. Foram tomadas amostras nas profundidades 0,0 a 0,20 m e 0,20 a 0,40 m. Foi feita análise de estatística descritiva e de geoestatística. A análise geoestatística foi feita pelo ajuste dos dados a semivariogramas, e pela determinação do grau de dependência espacial. Todos os atributos apresentaram dependência espacial e ajustaram ao modelo de semivariograma exponencial.

Palavras-chave: geoestatística; agricultura de precisão; física do solo

 

Abstract: The the soil analysis variability by geostatistics may indicate management alternatives to reduce the effects of soil variability on the crops production. This research aims to study the spatial variability of soil density, soil particle density and total porosity using the classical statistics and geostatistics, to determining the spatial dependence of these attributes. The study was conducted at the Federal University of Sao Francisco Valley, on Juazeiro campus, on Bahia state of Brazil, in the Graduate Program in Agricultural Engineering experimental area. The area has 7,680 m2. The samples were taken from 81 points, referenced, on a grid-point sampling, 10x12 m. The properties studied were the soil density, soil particle density and total porosity. Samples were taken for two depths, 0.0 to 0.20 m and 0.20 to 0.40 m. The data were analysed using classical statistics and geostatistics. The geostatistical analysis was made by semivariogram, and determining the spatial dependence. All attributes presented spatial dependence and adjusted of exponential semivariogram model.

Key words: geostatistics; precision farming; soil physical attributes

 

1 Graduanda em Engenharia Agrícola e Ambiental, Universidade Federal do Vale do São Francisco, (87)9918-4761, brizabraga@gmail.com.
2 Graduanda em Engenharia Agrícola, e Ambiental, Universidade Federal do Vale do São Francisco, (74)9138-9610, erasmo.neto1@hotmai.com
3 Graduanda em Engenharia Agrícola e Ambiental, Universidade Federal do Vale do São Francisco,(74)8863-9389,louise_sousa1@hotmail.com.
4 Doutor Irrigação e Drenagem, Universidade Federal do Vale do São Francisco, (74) 2102-7621, clovis.ramos@univasf.edu.br
5 Doutora em Agronomia (Solos e Nutrição de Plantas), Universidade Federal do Vale do São Francisco, (74) 2102-7621, nelci.olszevski@univasf.edu.br

 

Literatura Citada

ANDRADE, A. R. S. Aplicação da Teoria fractal e da geoestatística na estimativa da condutividade e hidráulica saturada e do espaçamento entre drenos. 2002. 181 p, Botucatu /SP, Tese (Doutorado em Agronomia) Faculdade de Ciências Agronômicas, Universidade Estadual Paulista, Botucatu, 2002.

BENGHOUGH, A.G.; MULLINS, C.E. Mechanical impedance to root growth: a review of experimental techniques and root growth responses. In: RAMIREZ-LÓPES L.; REINA-SÁNCHEZ, A.; CAMACHO-TAMAYO J. H., Variabilidad espacial de atributos físicos de un typic haplustox de los llanos orientales de Colômbia, Eng. Agríc. Jaboticabal, v.28, n.1, p.55-63, jan./mar.2008.

BUCKMAN, H. O. Natureza e propriedades dos solos, 4° ed, Rio de Janeiro: Freitas Bastos, 1976. 647 p.

CAMBARDELLA, C. A. et al. Field-scale variability of soil properties in Central Iowa soils. Soil Science Society of American Journal, Madison, v. 58, n. 5, p. 1501-1511, 1994.

CRUZ, J. S. et al. Análise espacial de atributos físicos e carbono orgânico em argissolo vermelho-amarelo cultivado com cana-de-açúcar. Ciência e agrotecnologia. Lavras, v. 34, n. 2, p. 271-278, mar./abr., 2010.

EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA – Centro Nacional de Pesquisa de Solos. Sistema Brasileiro de Classificação de Solos. Rio de Janeiro, 1997. 212 p.

FERREIRA, M. M.; DIAS JÚNIOR, M. S. Física do solo. Lavras: UFLA/FAEPE, 2001. 117 p.

JOHANN, J. A. et al. Variabilidade espacial dos atributos físicos do solo e da produtividade em um Latossolo Bruno distrófico da região de Cascavel,PR. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, Campina Grande, v. 8, n. 2/3, p.212-219, 2004, DEAg/UFCG.

MARQUES JÚNIOR, J.; CORÁ, J. E. Atributos do solo para agricultura de precisão. In: SILVA, F. M. (Ed.). Mecanização e agricultura de precisão. Lavras: UFLA/SBEA, 1998. p. 31-70. Disponível em: < http://www.scielo.br/pdf/rbeaa/v8n2-3/v8n2a08.pdf>. Acesso em 26 nov 2014.

OVALLES, F. & REY, J. Variabilidad interna de unidades de fertilidad en suelos de la depresión del Lago de Valencia. In: SOUZA, Z.M. et al. Variabilidade espacial de atributos físicos do solo em diferentes formas do relevo sob cultivo de cana-de-açúcar. R. Bras. Ci. Solo, Viçosa, n. 28 p. 937-944, 2004.

PAZ-GONZALEZ, A.; TABOADA CASTRO, M. T.;VIEIRA, S. R. Geostatistical analysis of heavy metals in aone-hectare plot under natural vegetation in a serpentinearea. Canadian Journal of Soil Science, Ottawa, v. 81, p. 469-479, 2001.

RAMIREZ-LÓPEZ, L.; REINA-SÁNCHEZ , A.; CAMACHO-TAMAYO, J.H. Variabilidad espacial de atributos físicos de un typic haplustox de los llano orientales de Colômbia. Engenharia Agrícola, Jaboticabal, v.28, n.1, p.55-63, 2008.

SILVA, A. P.; TORMENA, C. A.; IMHOFF, S. Intervalo hídrico ótimo. In: MORAES, M. H.; MULLER, M. M. L.; FOLONI, J. S. S. (Ed.). Qualidade física do solo: métodos de estudo, sistemas de preparo e manejo do solo. Jaboticabal: FUNEP, 2002. p. 1-18.

SOUSA, L.S.; COGO, N.P.; VIEIRA, S.R. Variabilidade de propriedades físicas e químicas do solo em pomar cítrico. Revista Brasileira de Ciência do solo, Campinas, v.21, p.367-372, 1997.

TEIXEIRA, A.H.C. Informações agrometeorológicas do pólo Petrolina-PE / Juazeiro-BA. Petrolina , PE: Embrapa Semi-Árido , 2001.

TRANGMAR, B.B.; YOST, R.S.; WADE, M.K. & UEHARA, G.Applications of geostatistics to spatial studies of soil properties. In: SOUZA, Z.M. et al. Variabilidade espacial de atributos físicos do solo em diferentes formas do relevo sob cultivo de cana-de-açúcar. R. Bras. Ci. Solo, Viçosa, n. 28, p. 937-944, 2004.