Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Altura do Eucalipto Correlacionado com Atributos do Solo com Vistas às Zonas Específicas de Manejo

DOI: http://dx.doi.org/10.12702/IV-SGEA-a37

 

downloadpdf

Montanari 1, R.; Lima2, E. S.; Lovera2, L. H.; Teixeira Filho1, M. C. M.; Tomaz3, P. K.

 

Resumo: A presente pesquisa objetivou analisar a variabilidade espacial de atributos físicos do solo e da planta; analisar as correlações lineares e espaciais entre características do crescimento da planta e do solo; e identificar, entre os atributos físicos do solo estudados, aquele de melhor interação linear e espacial com a altura do eucalipto para a área de estudo, os quais possam ser tomados como atributos indicadores da qualidade do solo. No ano agrícola 2013/2014, na Fazenda da Eldorado, município de Três Lagoas, MS (latitude 20o 27` S e longitude 52o 29` W), em um cultivo de Eucalyptus urophylla, foram analisados: características dendrométricas da planta e atributos do solo em profundidade, num Neossolo Quartzarênico do Cerrado brasileiro. Dados do solo e da planta foram coletados em uma malha geoestatística com 50 pontos amostrais, numa área de 1 ha. Os atributos RP, UG, DS, DP e PT não variaram aleatoriamente, seguindo padrões espaciais bem definidos, com alcances entre 9 e 35 m.

Palavras-chave: Alcance, produção de papel, distribuição espacial.

 

Abstract: This paper analyzes the spatial variability of soil physical properties and the plant; analyzing the spatial correlations between linear and growth characteristics of the plant and soil; and identify, between the physical attributes of the soil studied , which it better represents the  linear and spatial interaction with the height of eucalyptus for the study area, which it can be taken as attributes indicators of soil quality. In the agricultural year 2013/2014, in Eldorado Farm, Três Lagoas, MS (latitude 20 27` 29` S and longitude 52 W), in a Eucalyptus urophylla of cultivation were analyzed: dendrometric characteristics of the plant and soil properties in depth, a Quartzipsamment of the Brazilian Cerrado. Soil and plant data were collected in a geostatistical grid with 50 sampling points, at 1.00 ha  of area. The PR attributes, GM, BD, RD and TP did not vary randomly, following well defined spatial standards, range between 9 and 35 m.

Key words: Range, paper production, spatial distribution

 

1 Professores Assistente Doutor, Universidade Estadual Paulista, UNESP/FEIS, Faculdade de Engenharia de Ilha Solteira, DEFERS, Departamento de Fitossanidade, Engenharia Rural e Solos, Rua Monção, 226, CEP: 15385-000, Ilha Solteira (SP). E-mail: montanari@agr.feis.unesp.br; mcmteixeirafilho@agr.feis.unesp.br
2 Estudantes de Pós-Graduação em “Sistemas de Produção”, Universidade Estadual Paulista, UNESP/FEIS, Faculdade de Engenharia de Ilha Solteira, Rua Monção, 226, CEP: 15385-000, Ilha Solteira (SP). E-mail: elizeu.florestal@gmail.com; lenon_lovera@hotmail.com; vinicius.silva@eldoradobrasil.com.br
3 Estudante de Graduação em Zootecnia, Universidade Estadual Paulista, UNESP/FEIS, Faculdade de Engenharia de Ilha Solteira, Rua Monção, 226, CEP: 15385-000, Ilha Solteira (SP). E-mail: pamelazootecnia@hotmail.com

 

Literatura Citada

ARRUDA, O.G. Uso de resíduo da extração de celulose e o impacto em solo de Cerrado cultivado com eucalipto e espécie arbórea nativa. 2012. 100f. Dissertação (Mestrado em Agronomia) – Programa de Pós-Graduação em Sistemas de Produção, Universidade Estadual Paulista, Ilha Solteira, SP, 2012.

DALCHIAVON, F.C.; CARVALHO, M.P.; MONTANARI, R.; ANDREOTTI, M.; PANOSSO, A.R. Produtividade da cana-de-açúcar: Variabilidade linear e espacial entre componentes tecnológicos e da produção. Bioscience Journal, Uberlândia, v. 30, n. 1, p. 390-400, 2014.

EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA – Embrapa. Manual de métodos de análise de solos. Rio de Janeiro: Ministério da Agricultura, 1979.

EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA – Embrapa. Sistema brasileiro de classificação de solos. 3.ed. Rio de Janeiro: Embrapa, 2013. 306 p.

GS+: Geostatistics for environmental sciences. 7. ed. Michigan, Plainwell: Gamma Desing Software, 2004. 159p.

HARRISON, R.B.; GUERRINI, I.A.; HENRY, C.L.; COLE, D.W. Reciclagem de resíduos industriais e urbanos em áreas de reflorestamento. Circular Técnica, Piracicaba, n.198, p.1-20, 2003.

LIMA, C.G.R.; CARVALHO, M.P.; NARIMATSU, K.C.P.; DA SILVA, M.G.; QUEIROZ, H.A. Atributos físico-químicos de um latossolo do cerrado brasileiro e sua relação com características dendrométricas do eucalipto. Revista Brasileira de Ciência do Solo, Viçosa, v. 34, n. 1, p. 163-173, 2010.

RESENDE, J.M.A.; MARQUES JÚNIOR, J.; MARTINS FILHO, M.V.; DANTAS, J.S.; SIQUEIRA, D.S.; TEIXEIRA, D.B. Revista Brasileira de Ciência do Solo, Viçosa, v. 38, n. 1, p. 1077-1090, 2014.

RIBEIRO, K.D.; MENEZES, S.M.; MESQUITA, M.G.B.F.; SAMPAIO, F.M.T. Propriedades físicas do solo, influenciadas pela distribuição de poros, de seis classes de solos da região de Lavras-MG. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 31, n. 4, p. 1167-1175, 2007.

ROSA FILHO, G.; CARVALHO, M.P.; ANDREOTTI, M.; MONTANARI, R.; BINOTTI, F.F.S.; GIOIA, M.T. Variabilidade da produtividade da soja em função de atributos físicos de um latossolo vermelho distroférrico sob plantio direto. Revista Brasileira de Ciência do Solo, Viçosa, v. 33, n. 2, p. 283-293, 2009.

STOLF, R. Teoria e teste experimental de fórmulas de transformação dos dados de penetrômetro de impacto em resistência do solo. Revista Brasileira de Ciência do Solo, Viçosa, v. 15, p. 229-235, 1991.