crosscheckdeposited

Um Alerta ao Uso Incorreto de  Programas em Geoestatística – Estudo de Caso Programa GS+®

DOI: http://dx.doi.org/10.12702/IV-SGEA-a49

 

downloadpdf

Rezende1, P. S.; Nascimento2, D. C.; Guimarães3, E. C.; Silva4, F. R.; Almeida5, L. da S.

 

Resumo: Nos últimos anos, graças aos avanços científicos e tecnológicos no campo da informática e comunicação, tem se observado um grande avanço e difusão de softwares e aplicativos comerciais destinados a análise e tratamento de dados espaciais aplicados aos diversos campos do conhecimento. O presente trabalho objetivou avaliar a discrepância existente entre relatórios gerados a partir da utilização da configuração padrão fornecida por softwares de geoestatística (default), em comparação com os relatórios nos quais se observou criteriosamente os procedimentos necessários. A partir de análise fatorial exploratória dos atributos analisados gerou-se quatro fatores, dos quais foram escolhidos aleatoriamente os fatores 1,2 e 3. Porém este trabalho não pretende explorar a importância destes fatores e nem as suas características, apenas explorar a análise geoestatística no programa GS+® através da comparação dos mapas gerados pelo software. Existiu, no entanto, considerável diferença entre o mapa gerado com o default do programa e o mapa no qual os parâmetros foram ajustados, ressaltando a importância de se usar os softwares de com senso crítico e, sobretudo aplicar todo o conhecimento sobre a técnica dentro do software ao realizar esse tipo de mapeamento.

Palavras-chave: Default; Análise fatorial exploratória; Análise geoestatística.

 

Abstract: In recent years, thanks to scientific and technological advances in computer and communication, has seen a major breakthrough and dissemination of software and business applications for the analysis and processing of spatial data applied to various fields of knowledge. This study aimed to evaluate the gap between products generated from the use of the default setting provided by geostatistical software (default) compared to products in which they carefully carried out the necessary procedures. From exploratory factor analysis of the analyzed attributes was generated four factors, which were randomly chosen factors 1,2 and 3. But this work is not intended to explore the importance of these factors nor its features, just explore the geostatistical analysis in GS + ® program, by comparing the maps generated by the software. There was, however, considerable difference between the map generated with the default program and  the  map in which the parameters were adjusted, highlighting the importance of using the software correctly and, above all, apply all the knowledge about the technique within the software to perform this type of mapping.

Key words: Default; Exploratory factor analysis; Geostatistics analysis.

 

1 Geógrafa, Mestranda em Geografia, IG/UFU, Uberlândia-MG, ps.rezende@hotmail.com
2 Geógrafo, Mestrando em Qualidade Ambiental, ICIAG/UFU, Uberlândia-MG, diogo_mg1990@yahoo.com.br
3 Eng. Agrícola, Professor Doutor da Faculdade de Matemática, FAMAT/UFU, Uberlândia-MG, ecg@ufu.br
4 Eng. Florestal, Mestranda em Qualidade Ambiental, ICIAG/UFU, Uberlândia-MG, fernandaenge@yahoo.com.br
5 Eng. Agrônomo, Mestrando em Qualidade Ambiental, ICIAG/UFU, Uberlândia-MG, almeidalean26@gmail.com

 

Literatura Citada

CARVALHO, J. R. P. de; SILVEIRA, P. M.; VIEIRA, S. R. Geoestatística na determinação da variabilidade espacial de características químicas do solo sob diferentes preparos. Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v. 37, n.8, p. 1151-1159, 2002.

FAVARO, L. P. ; BELFIORE, P.; SILVA, F. L.; CHAN, B. L. Análise de dados: modelagem multivariada para tomada de decisão. Rio de Janeiro: Elsevier, 2009, 646 p.

GAMMA DESIGN SOFTWARE. GS+:Geostatistics for the Environmental Sciences Versão 7.0. Gamma Design Software, Plainwell, Michigan USA, CD-ROM.

HAIR JÚNIOR, J.; BLACK, W. C.; BABIN, B. J.; ANDERSON, R. E. Multivariate data analysis. 7ª ed. Upper Saddle River: Prentice Hall, 2010. 785 p.

KRAVCHENKO, A.; BULLOCK, D. A comparative study of interpolation methods for mapping soil properties. Agronomy Journal, v.91, n.3, p.393-400, 1999.

PORTAL ACTION. Disponível em: <http://www.portalaction.com.br/>. Acesso em: 07 de dezembro de 2014.

ROSA, R. Análise Espacial em Geografia. Revista da ANPEGE, v. 7, p. 275-289, 2011. Disponível em: < http://anpege.org.br/revista/ojs-2.2.2/index.php/anpege08/article/view/163>. Acesso em: 07 de dezembro de 2014.

SOARES, A. Geoestatística para ciências da terra e do ambiente. 2. ed. Lisboa, IST Press, 2006. 214p.

YAMAMOTO, J.K.; LANDIM, P.M.B. Geoestatística: conceitos e aplicações. 1. ed. São Paulo: Ed. Oficina de Textos, 2013. 215p.