Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Distribuição Espaço-Temporal de Diatraea saccharalis sobre Cana-de-Açúcar em São Vicente do Sul - RS

DOI: http://dx.doi.org/10.12702/IV-SGEA-a59

 

downloadpdf

Santos, E. A.1; Stacke, R. F.2; Machado, M. R. R.3; Magano, D. A.4; Guedes, J. V. C.5

 

Resumo: A geoestatística aplicada a ambientes agrícolas possibilita o monitoramento e tratamento das áreas em zonas de manejo ou em sítio-específico. Método muito utilizado na agricultura de precisão ainda pouco difundido no manejo de pragas. Para que seja possível esse tipo de abordagem o conhecimento da dinâmica e distribuição das populações é fundamental. Entretanto, ainda são escassos os estudos sobre esses fenômenos na lavoura de cana-de-açúcar, apesar da grande importância dessa cultura na economia nacional. Dessa maneira, esse trabalho buscou determinar a forma de distribuição espacial da Diatraea saccharalis sobre cana-de-açúcar em São Vicente – RS. Em uma área localizada nesse município foram conduzidas amostragens da população, procedendo-se então a análise geoestatística dos dados para demonstrar o grau de dependência espacial entre os pontos amostrados. Posteriormente, foi realizada a confecção dos mapas por krigagem ordinária demonstrando a distribuição espacial e temporal na área. Os dados obtidos indicaram fraca dependência espacial entre os dados e pouca representatividade da variabilidade populacional na escala amostrada. Portanto pode-se concluir que a distribuição de D. saccharalis ocorre de forma fracamente agregada na cultura da cana, indicando que variabilidade da população é mais bem descrita em escalas menores.

Palavras-chave: broca-da-cana; agricultura de precisão; geoestatística

 

Abstract: The geostatistics applied to agricultural environments enables the monitoring and management of management zones or site-specific. Method widely used in precision agriculture still little spread in pest management. To allow this kind of approach, the knowledge of population dynamics and distribution is fundamental. However, there are still few studies on these phenomena in sugarcane crop, despite the great importance of this culture in the national economy. In this way, this study aimed to determine the spatial distribution form of Diatraea saccharalis on sugarcane in São Vicente - RS. In a field located in this county population samples were taken, and then proceeding to the geostatistical analysis of the data to demonstrate the spatial dependence between the sampled points. Subsequently, the confection of maps by ordinary kriging was performed demonstrating the spatial and temporal distribution in the area. The data indicated a weak spatial dependence between data and little representation of population variability in sampled scale. Therefore it can be concluded that the distribution of D. saccharalis occurs in weakly aggregated form on sugarcane, indicating that population variability is best described at smaller scales.

Key words: Sugar cane borer; precision agriculture; geostatistics

 

1 Graduando em Agronomia, UFSM/Departamento de Defesa Fitossanitária, Santa Maria - RS ericmar_santos@hotmail.com
2 Mestrando em Agronomia, UFSM/Departamento de Defesa Fitossanitária, Santa Maria - RS, regis_felip@hotmail.com
3 Graduando em Agronomia, UFSM/Departamento de Defesa Fitossanitária, Santa Maria - RS, maiconmachado30@hotmail.com
4 Doutorando em Engenharia Agrícola, UFSM/Departamento de Defesa Fitossanitária, maganodeivid@gmail.com
5 Professor Dr., UFSM/Departamento de Defesa Fitossanitária e PPGA/PPGEA-UFSM, Santa Maria - RS, jerson.guedes@smail.ufsm.br

 

Literatura Citada

BOTELHO, P. S. M; MACEDO, N. Descrição e bioecologia de D. saccharalis. In: PARRA, J. R. P.; BOTELHO, P. S. M.; FERREIRA, B. S. C.; BENTO, J. M. S. Controle Biológico no Brasil: parasitoides e predadores. São Paulo: Manole, 2002. p. 411-426.

CAMBARDELLA, C. A.; KARLEN, D. L. Spatial analysis of soil fertility parameters. Precision Agriculture, v. 1, n. 1, p. 5-14, 1999.

CONAB – Companhia Nacional de Abastecimento. 3º levantamento da safra de cana-de-açúcar 2014/15, Brasília, p. 1-98. Disponível em: <http://www.conab.gov.br/OlalaCMS/uploads/arquivos/14_12_19_09_02_49_boletim_cana_portugues_-_3o_lev_-_2014-15.pdf>. Acesso em: 05 jan. 2014.

DINARDO-MIRANDA, L. L. Pragas. In: DINARDO-MIRANDA, L.L.; VASCONCELOS, A.C.M.;LANDELL, M.G.A. (Ed.). Cana-de-açúcar. Campinas: Instituto Agronômico, 2008. p.349-404.

DINARDO-MIRANDA, L. L.; FRACASSO, J. V.; PERECIN, D. Variabilidade espacial de populações de diatraea saccharalis em canaviais e sugestão de método de amostragem. Bragantia, v. 70, p. 577–585, 2011. Disponível em:< http://www.scielo.br/pdf/brag/v70n3/aop1311> Acesso em: 20 dez. 2014

ESRI. Redlands: Environmental Systems Research Institute. ArcGIS, 2004.

GALLO, D.; NAKANO, O.; SILVEIRA, N. S.; CARVALHO, R. P. L.; BATISTA, G. C.; FILHO, E. B.; PARRA, J. R. P.; ZUCCHI, R. A.; ALVES, S. B.; VENDRAMIN, J. D.; MARCHINI, L. C.; LOPES, J. R. S.; OMOTO, C. Entomologia agrícola. Piracicaba: FEALQ, 2002. p. 450– 453.

GIOTTO, E.; CARDOSO, C. D. V.; SEBEM, E. Agricultura de Precisão com o Sistema CR Campeiro 7 - Volume I / organizadores: Enio Giotto, Claire Delfini Viana Cardoso, Elódio Sebem. – Santa Maria: UFSM – Laboratório de Geomática, 2013.

JESUS, C. R; REDAELLI, L. R; ROMANOWSKI, H. P. Population Dynamics and Spatial Distribution of Spartocera dentiventris (Berg) (Hemiptera: Coreidae) Adults on Nicotiana tabacum L. (Solanaceae). Neotropical Entomology, v. 31, n. 4, p. 541–549, 2002. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/ne/v31n4/a06.pdf> Acesso em: 20 out. 2014.

LIEBHOLD, A. M.; ROSSI, R. E.; KEMP, W. P. Geostatistic and geographic information system in applied insect ecology. Annual Review of Entomology, v.38, p.303-327, 1993

MACEDO, N.; BOTELHO, P. S. M. Controle integrado da broca cana-de-açúcar Diatraea saccharalis (Fabr. 1794) (Lepidoptera: Pyralidae). Brasil Açucareiro, v.106, p.2-12, 1988.

MELLO, J. M. Geoestatística aplicada ao inventário florestal. 2004. 111f. Tese (Doutorado em Recursos Florestais) - Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”, Piracicaba-SP, 2004. 111p. (Tese de Doutorado). Disponível em: <http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11150/tde-06122004-100612/pt-br.php> Acesso em: 15 out. 2014.

RICKLEFS, R. E. A economia da natureza. 5ª ed. Rio de Janeiro, Guanabara/Koogan, 2003. 470 p.

VIEIRA, S. R. Geoestatística em estudos de variabilidade espacial do solo. In: Novais, R. F. de; Alvarez, V. V. H.; SCHAEFER, G. R. (ed.). Tópicos em Ciência do Solo. Viçosa: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo, 2000. v.1, p.1-54.