Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Levantamento de Plantas Daninhas em Gramados de Praças Públicas no Municipio de Guaruapuava-PR

DOI: http://dx.doi.org/10.12702/VII-SIGRA-a28

 

downloadpdf

André A. P. da Silva1, Ricardo A. K. Karpinski1, Enelise O. Helvig2, Carlos R. B. Soares2, Ricardo A. D. Pivatto2 & Cleber D. de G. Maciel3

 

Resumo:  Os gramados de praças públicas abrigam um vasto número de espécies de plantas invasoras que facilmente se adaptam às técnicas de manejo existentes. Objetivou-se com o trabalho realizar um levantamento fitossociológico da comunidade infestante em gramados da espécie “Sempre Verde” em três praças públicas localizadas na região central do município de Guarapuava/PR (Praça Ucraniana; Praça Parque do Lago e Praça Unicentro/Campus Santa Cruz). O levantamento foi realizado com 150 pontos amostrais durante de abril de 2013, utilizando o método do quadrado inventário (0,25 m2). As invasoras foram identificadas e quantificadas segundo a espécie botânica, nome popular e família, e determinado suas variáveis fitossociógicas e a similaridade florística, pelo método de Sorensen. A maioria das espécies identificadas nas três localidades estudadas foram da família Asteraceae, assim como Poaceae e Cyperaceae em pelo menos duas localidades. Entretanto, as plantas daninhas identificadas como as mais importantes foram S. pterosperma (Asteraceae), O. corniculata (Oxalidaceae), H. limosa (Pontederiaceae) e G. spicatum (Asteraceae).

Palavras-chave: fitossociologia, identificação, grama, Axonopus compressus.

 

1 Mestrandos, Programa de Pós-graduação em Agronomia da Universidade Estadual do Centro Oeste - UNICENTRO, CEP: 85040-080, Guarapuava, PR, andrepazinato0@gmail.com, ra-karpinski@hotmail.com;
2 Graduandos do Curso de Agronomia, Universidade Estadual do Centro Oeste - UNICENTRO, CEP: 85040-080, Guarapuava, PR, ene_osco@hotmail.com, rafael_soares2@hotmail.com e pivatto07@gmail.com;
3 Professor Adjunto, Universidade Estadual do Centro Oeste - UNICENTRO, CEP: 85040-080, Guarapuava, PR, cmaciel@unicentro.br.

 

Literatura Citada

ALMEIDA, L.F.R.; BICUDO, L.R.H.; BORGES, G.L.A. Educação ambiental em praças públicas: professores e alunos descobrindo o ambiente urbano. Revista Ciência em Extensão, v.1, n.1, p.91-100, 2004.

ANGIOSPERM PHYLOGENY GROUP - APG II. An update of the Angiosperm Phylogeny Group classification for the orders and families of flowering plants: APG II. Botanical Journal of the Linnean Society, n.141, p.399-436, 2003.

DUARTE, A. P.; SILVA, A. C.; DEUBER, R. Plantas infestantes em lavouras de milho safrinha, sob diferentes manejos, no médio Paranapanema. Planta Daninha, v.25, n.2, p.285-297, 2007.

KISSMANN, K.G.; GROTH, D. Plantas invasoras e nocivas: Tomo II. São Paulo: BASF, 1992, 798p.

LORENZI, H. Manual de Identificação e Controle de Plantas daninhas: plantio direto e convencional. 7 ed. Nova Odessa: Instituto Plantarum, 2014, 381p.

MACIEL, C.D.G.; POLETINE, J.P.; AQUINO, C.J.R.; FERREIRA, D.M.; MAIO, R.M.D. Desenvolvimento de gramados submetidos à aplicação de retardadores de crescimento em diferentes condições de luminosidade. Planta Daninha, v.26, n. 1, p. 57-64, 2008.

MATTEUCCI, S. D.; COLMA, A. Metodología para El estudio de la vegetatión. Washington: OEA, 1982. 168 p.

MUELLER-DOMBOIS, D.; ELLENBERG, H. Aims and methods of vegetation ecology. New York: J. Wiley. 1974. 547p.

OLIVEIRA, A. R.; FREITAS, S. P. Levantamento fitossociológico de plantas daninhas em áreas de produção de cana-de-açúcar. Planta Daninha, v.26, p.33-46, 2008.

SOUZA, V. C.; LORENZI, H. Botânica sistemática: guia ilustrado para identificação das famílias de angiospermas da flora brasileira, baseado em APG II. 1.ed. Nova Odessa: Plantarum, 2005. 640p.

ZANATTA, J. F.; FIGUEREDO, S.; FONTANA, L.C.; PROCÓPIO, S. O. Interferência de plantas daninhas em culturas olerícolas. Revista FZVA, v. 13, n. 2, p. 138-157, 2006.