Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

Correlação entre Níveis de Sedação e Tempo de Ventilação Mecânica

 

http://ojs.unirg.edu.br/index.php/2/ 

downloadpdf

Hellen C. E. Bragança1, Adriana A. B. Rezende2, Geovane R. Reis3, Juliana da L. S. Magagnin4, Eduardo F. de Miranda5, Elizângela S. R. Rodrigues6 & Daniel A. G. de Castro7

 

Resumo: Introdução: O uso de sedativo é uma prática comum em pacientes dentro de unidade de terapia intensiva (UTI), entretanto é uma técnica questionada por influenciar na necessidade de ventilar artificialmente o paciente. Material e Método: Estudo transversal retrospectivo com levantamento documental através da análise de prontuários de pacientes internados na UTI do Hospital de Referência de Gurupi (HRG), no período de Fevereiro a Julho de 2012. Os dados investigados na ficha de Sistematização de Assistência à Enfermagem foi tempo de permanência na VM e o nível de sedação através da escala de Ramsay. Resultados: Foram incluídos no estudo 63 prontuários, com média de idade de 63± 20 anos, sendo 63,5% homens. O tempo médio de internação foi de 12± 9 dias e da permanência em VM foi de 7 ±5 dias. A média do nível de sedação de acordo com a escala de Ramsay encontrado foi de 4,8± 0,9. Não foi verificado correlação entre nível de sedação e tempo de permanência em VM. Conclusão: Conclui-se que para os pacientes investigados não se correlacionou o nível de sedação e tempo de permanência em ventilação mecânica.

Palavras-chave: Sedação Profunda. Respiração Artificial. Unidade de Terapia Intensiva.

 

Abstract: Introduction: The The use of sedation is a common practice in intensive care unit patients (ICU), however is a questioned technique for influencing the need to artificially ventilate the patient. Objective: To investigate the correlation between of the level of sedation with time on mechanical ventilation (MV). Methods: Cross-sectional study with retrospective documentary survey by analysis of medical records of patients admitted to the ICU of the Gurupi Reference Hospital (GRH) in the period February to July 2012. The data investigated in the report nursing care systematization was time on MV and sedation level using the Ramsay scale. Results: The study included 63 records, with a mean age of 63 ± 20 years, 63.5% men. The mean hospital stay was 12 ± 9 days and stay in MV was 7 ± 5 days. The average level of sedation according to the Ramsay scale was found to be 4.8 ± 0.9. No correlation was found between the level of sedation and length of stay in VM. Conclusion: It is concluded that for patients investigated did not correlate the level of sedation and length of mechanical ventilation.

Key words: Deep Sedation. Respiration Artificial. Intensive Care Unit

 

1 Graduada em Fisioterapia do Centro Universitário UnirG/TO. Email: hellen.espindola@hotmail.com
2 Fisioterapeuta Mestre em Ciência da Motricidade Humana pela Universidade Castelo Branco/RJ, Docente Adjunta do Centro Universitário UnirG/TO. Email: drikas.arruda@gmail.com
3 Fisioterapeuta Especialista em Ventilação Mecânica/ UCG-GO, Docente Assistente do Centro Universitário UnirG/TO. Email: g_rossone@yahoo.com.br
4 Fisioterapeuta Especialista em Cardiopulmonar e Terapia Intensiva pelo CEAFI/PUC-Goiás. Email: juju_fisio@yahoo.com.br
5 Educador Físico Mestre em Ciência da Motricidade Humana pela Universidade Castelo Branco/RJ, Docente Adjunto do Centro Universitário UnirG/TO. Email: eduardo251077@hotmail.com
6 Fisioterapeuta. Mestre em Fisioterapia Cardiorrespiratória/UNITRI-MG. Docente Adjunto II do Centro Universitário UNIRG. Gurupi (TO). E-mail: elizangelaunirg@yahoo.com.br
7 Enfermeiro. Especialista em Enfermagem do Trabalho pela FACIMAB-PA. Email: danasaph@hotmail.com