Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Entre Madeixas, Véus e Saias: Paradigmas do Feminino na Congregação Cristã no Brasil

DOI: http://dx.doi.org/10.15603/2176-0985/mandragora.v22n1p81-107

https://www.metodista.br/revistas/revistas-ims/index.php/MA/index 

downloadpdf

Micaele O. E. Costa1

 

Resumo: Este trabalho intenciona elucidar alguns aspectos que regem a dinâmica da Congregação Cristã no Brasil (CCB). Para tanto, um breve panorama histórico é delineado, de início, com vistas a resgatar as figuras precursoras da CCB. Em um segundo momento, o texto oferece um exercício de interpretação dos princípios, doutrina e das relações de gênero intra-comunidade de fé. Ao longo das reflexões, são incorporadas à discussão, como chaves de leitura, as narrativas de algumas cecebeianas, para análise da condição feminina nesta instituição religiosa. Até o momento, poucos estudos foram realizados sobre as peculiaridades desta igreja. Deste modo, a relevância da proposta está na contribuição para os estudos de campo religioso no Brasil.

Palavras-chave: Religião; Congregação Cristã no Brasil; Gênero.

 

Abstract: This work intends to clarify some aspects of the dynamic of the Christian Congregation of Brazil. To do so, a brief historical overview is designed, first, with the aim of rescuing the pioneers of CCB. At a second moment, the text offers an exercise of interpretation about the principles, the doutrine and the gender relations intra-community. Along the reflections, some cecebeianas narratives are incorporated to the discussion as reading keys, to analyze the female condition at this religious institution. Until this moment, few studies about the peculiarities of this church have been conducted. Thus, the relevance of this proposal is its contribution to the studies in the religious field in Brazil.

Key words: Religion; Christian Congregation in Brazil; Gender

 

1 Mestranda em Ciências da Religião – Programa de Pós-Graduação em Ciências da Religião da Universidade Federal de Sergipe. Email: micaele.ufs@hotmail.com

 

Literatura Citada

CORÍNTIOS. In: A Bíblia. Tradução de João Ferreira de Almeida. Brasília: Sociedade Bíblica do Brasil, 1969.

DEUTERONÔMIO. In: A Bíblia. Tradução de João Ferreira de Almeida. Brasília: Sociedade Bíblica do Brasil, 1969.

MATEUS. In: A Bíblia. Tradução de João Ferreira de Almeida. Brasília: Sociedade Bíblica do Brasil, 1969.

TIMÓTEO. In: A Bíblia. Tradução de João Ferreira de Almeida. Brasília: Sociedade Bíblica do Brasil, 1969.

ALVES, Rubem. O que é religião.In: ALVES, Rubem; ARNS, Paulo Evaristo; ROCHA, Everardo P. Guimarães. O que é religião. O que é igreja. O que é mito. Edição Integral. São Paulo, SP: Círculo do Livro, 1981.

ALVES, Rubem Azevedo. Protestantismo e Repressão. 2. impressão. São Paulo: Ática, 1982.

BEAUVOIR, Simone de. O segundo sexo: 1. Fatos e Mitos. 6. ed. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1980.

BIANCO, Gloecir. Italianos Pentecostais. Curitiba: Protexto, 2008.

BOURDIEU, Pierre. A dominação masculina. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1999.

CAMPOS, Leonildo Silveira. Pentecostalismo e Protestantismo “Histórico” no Brasil: um século de conflitos, assimilação e mudanças. Horizonte, v. 09, n. 22, p. 504-533, 2011. Disponível em: <http://periodicos.pucminas.br/index.php/horizonte/article/view/P.2175-5841.2011v9n22p504/2909> Acesso em: 22 dez. 2015.

CONGREGAÇÃO CRISTÃ NO BRASIL. Hinos de louvores e súplicas a Deus. Livro nº 5. São Paulo: Congregação Cristã no Brasil, 2012.

FIORENZA, Elisabeth Schussler. Mariologia, ideologia de gênero e o discipulado de iguais. In: DOMEZI, Maria Cecilia e BRANCHER, Mercedes (orgs.). Maria entre as mulheres: perspectivas de uma Mariologia feminista libertadora. São Leopoldo: CEBI, 2009. 115 p.

FOERSTER, Norbert Hans Christoph. Poder e política na congregação cristã no Brasil: um pentecostalismo na contramão. Ciências Sociais e Religião, n. 8, p. 121-138, 2006. Disponível em: <http://www.seer.ufrgs.br/cienciasSociaiseReligiao/article/download/2296/1002. Acesso em: 22 dez. 2015.

MENDONÇA, Antonio Gouvêa; VELASQUES FILHO, Prócoro. Introdução ao Protestantismo no Brasil. 2. Ed.. São Paulo: Edições Loyola, 1990.

MIGUEL, Iranilde Ferreira. Gênero, pentecostalismo e formação de professores na construção da cidadania: as professoras da Congregação Cristã no Brasil. 126 p. Dissertação (Mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências e Tecnologia, São Paulo, 2008.

MONTEIRO, Yara Nogueira. Congregação Cristã no Brasil: da fundação ao centenário – a trajetória de uma Igreja brasileira. Estudos de Religião, v. 24, n. 39, p. 122-163, 2010. Disponível em: <chrome-extension://oemmndcbldboiebfnladdacbdfmadadm/https://www.metodista.br/revistas/revistas-ims/index.php/ER/article/viewFile/2116/2354> Acesso em: 22 dez. 2015.

ROSADO-NUNES, Maria José. Gênero e religião. Estudos Feministas, v. 13, n. 2, p. 363-365,2005. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-026X2005000200009&lng=en&nrm=iso>. Acesso em: 22 dez. 2015.

ROSADO-NUNES, Maria José. Teologia Feminista e a crítica da razão religiosa patriarcal: entrevista com Ivone Gebara. Estudos Feministas, v. 14, n. 1, p. 294-304, 2006. https://doi.org/10.1590/S0104-026X2006000100016

SOUZA, Sandra Duarte de. Revista Mandrágora: gênero e religião nos Estudos Feministas. Estudos Feministas, v. 12, NE, p. 122-130, 2004. Disponível em: <https://periodicos.ufsc.br/index.php/ref/article/view/S0104026X2004000300014>. Acesso em: 20 dez. 2015.