Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Modelagem Fuzzy em Parâmetros de Bem-Estar Humano

DOI: http://dx.doi.org/10.14583/2318-7670.v01n01a02

http://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/nativa/index 

downloadpdf

Leonardo Schiassi1, Nathaly S. M. Melo, Guilherme F. Tavares, Ícaro P. de Souza, Handrey B. Araújo & Carolina Della Giustina

 

Resumo: Diante das preocupações com o ambiente de trabalho e consequentemente com o bem-estar dos trabalhadores, objetivou-se com o presente trabalho avaliar a utilização da modelagem matemática fuzzy, na avaliação da salubridade de trabalhadores agrícolas, relacionada ao ambiente térmico e acústico. Para tanto, foram consideradas como variáveis de entrada do sistema, o índice de bulbo úmido e termômetro de globo (IBUTG, °C) e o nível de ruído (dB(A)), tendo como variável de saída o índice de bem-estar humano (IBEH). O método de inferência utilizado foi o de Mandani e na defuzificação, utilizou-se o método do centro de gravidade. Foram utilizadas 25 regras para representar estes dados, sendo que para cada regra foi atribuído peso igual a 1. Os resultados indicam que o modelo matemático teve uma metodologia satisfatória, podendo auxiliar na tomada de decisões e análises cotidianas.

Palavras-chave: salubridade, ambiente de trabalho, sistemas inteligentes

 

Abstract: Given the concerns about the work environment and consequently the well-being of workers, this study aimed to evaluate the use of fuzzy mathematical modeling in assessing of the farm workers health, related to thermal and acoustic environment. So, were considered as input variables of the system, the wet bulb globe temperature index (WBGT, °C) and noise level (dB (A)), and the output variable was the human well-being index (HWBI). The inference method used was the Mandani and in the defuzzification, we used the center of gravity method. Twenty five rules have been used to represent these data, and for each rule were assigned a weight equal 1. The results indicate that the mathematical model has a satisfactory methodology to assist in the making decision and daily analysis.

Key words: salubrity, work environment, intelligent systems

 

1 Instituto de Ciências Agrárias e Ambientais, Universidade Federal de Mato Grosso, Sinop, MT, Brasil. E-mail: leoschiassi@yahoo.com.br

 

Literatura Citada

ALVES, J. U. et al. Avaliação do ambiente de trabalho na propagação de Eucalyptus spp. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, Campina Grande, v. 6, n. 3, p. 481-486, set./dez. 2002.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS (ABNT). NBR 10152: Níveis de ruídos para conforto acústico. São Paulo: ABNT, 1990. 4p.

BAESSO, M. M. et al. Avaliação do nível de ruído emitido por um conjunto trator-pulverizador com e sem assistência de ar. Revista Engenharia na Agricultura, Viçosa, v. 16, n. 4, p. 400-407, out./dez. 2008.

BARIN, A. et al. Seleção de fontes alternativas de geração distribuída utilizando uma análise multicriterial baseada no método AHP e na lógica fuzzy. Revista Controle & Automação, Campinas, v. 21, n. 5, p.477-486, out./nov. 2010.

CREMASCO, C. P. et al. Metodologia de determinação de funções de pertinência de controladores fuzzy para a avaliação energética de empresas de avicultura de postura. Revista Energia na Agricultura, Botucatu, v. 25, n. 1, p. 21-39, jan./mar. 2010.

DAMASCENO, F. A. Bem-estar do animal e do trabalhador em galpões avícolas climatizados. 2008. 220 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Agrícola) – Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2008.

FANGER, P. O. Thermal comfort. Copenhgen: Danish Technical, 1970. 244p.

FERREIRA, L. et al. Development of algorithm using fuzzy logic to predict estrus in dairy cows: Part I. Agricultural Engeneering International: The CIGR Ejournal, Hokkaido, v. 9, p. 1-16, dez. 2007.

FUNDACENTRO. NHO/01: Avaliação da exposição ocupacional ao ruído. São Paulo: Fundacentro, 1999. 37p.

GOSLING, M.; ARAÚJO, G. C. D. Saúde física do trabalhador rural submetido a ruídos e à carga térmica: um estudo em operadores de tratores. O Mundo da Saúde, São Paulo, v. 32, n. 3, p. 275-286, jul./set. 2008.

JAKOB, A. A. E.; YOUNG, A. F. O uso de métodos de interpolação espacial de dados nas análises sociodemográficas. In: ENCONTRO NACIONAL DE ESTUDOS POPULACIONAIS, 15, 2006, Caxambú, Minas Gerais. Anais... Caxambu: ABEP. 2006. p.

LEITE, M. S. et al. Desenvolvimento e aplicação experimental de controladores fuzzy e convencional em um bioprocesso. Revista Controle & Automação, Campinas, v. 21, n. 2, p. 147-158, mar./abr. 2010.

MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO (TEM). Portaria 3.214 de jul. 1990. Normas regulamentadoras de segurança e saúde no trabalho (NR-15): atividades e operações insalubres. Brasília. Disponível em: <http://www.mte.gov.br/temas/segsau/legislacao/normas/conteudo/nr15>. Acesso em: junho 2013.

MION, R. L. et al. Avaliação dos níveis de ruído de um conjunto mecanizado trator e semeadora adubadora pneumática. Engenharia na Agricultura, Viçosa, v. 17, n. 2, p. 87-92, mar./abr. 2009.

ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE (OMS). Occupational and community noise. Geneva: World Health Organization. 2001. Disponível em: <http://www.who.int/mediacentre/factsheets/fs258/en/>. Acesso em: 20 Fev. 2002.

OWADA, A. N. et al. Estimativa do bem-estar de frangos de corte em função da concentração de amônia e grau de luminosidade no galpão de produção. Engenharia Agrícola, Jaboticabal, v. 27, n. 3, p. 611-618, set./dez. 2007.

PEREIRA, D. F. et al. Sistema fuzzy para estimativa do bem-estar de matrizes pesadas. Engenharia Agrícola, Jaboticabal, v. 28, n. 4, p. 624-634, jul./set. 2008.

PIMENTEL, S. F.; ÁLVARES, P. A. S. A poluição sonora urbana no trabalho e na saúde. Disponível em: http://www.icb.ufmg.br/lpf. Acesso: jan. 2004.

ROBIN, P. Segurança e ergonomia em maquinaria agrícola. São Paulo: IPT, 1987. 24 p.

SCHIASSI, L. et al. Fuzzy modeling applied to the welfare of poultry farms workers. Dyna, Medellín, n. 174, p. 127-135, ago. 2012.

SCHIASSI, L. et al. Metodologia fuzzy aplicada à avaliação do aumento da temperatura corporal em frangos de corte. Engenharia na Agricultura, Viçosa, v. 16, n. 2, p. 181-191, mar./abr. 2008.

YANAGI JUNIOR, T. et al. Procedimento fuzzy aplicado à avaliação da insalubridade em atividades agrícolas. Engenharia Agrícola, Jaboticabal, v.32, n.3, p.423-434, mar./abr. 2012.

ZADEH, L. A. Fuzzy Sets. Journal Information and Control, Cambridge, n. 8, p. 338-353, dez. 1965.