Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Religiões Judaico-Cristãs e o Enfrentamento à Violência de Gênero: A Realidade Brasileira

DOI: http://dx.doi.org/10.15603/2176-0985/mandragora.v22n2p31-65

https://www.metodista.br/revistas/revistas-ims/index.php/MA/index 

downloadpdf

Bárbara Pontes1 & Vanessa R. Cavalcanti2

 

Resumo: Este artigo objetiva compreender como se dá o enfrentamento à violência de gênero por religiões judaico-cristãs a partir do levantamento do estado da arte. Para tanto abordaremos a importância do discurso religioso para a constituição do sujeito e para a construção da imagem feminina nessas religiões. Num segundo momento trabalharemos com a teologia feminista e seu enfrentamento à violência de gênero e finalizaremos com o levantamento do Estado da Arte.

Palavras-chave: Religiões judaico-cristãs. Teologia feminista. Violência de gênero.

 

Abstract: This article aims to understand how is confronting gender violence by Jewish-Christian religions through the lifting of the state of the art. Therefore we discuss the importance of religious discourse to the constitution of the subject and the construction of the female image in these religions. Secondly, we work with feminist theology and his face gender violence and conclude with the State of the Art of the survey.

Key words: Judeo-Christian religions. Feminist theology. Gender violence.

 

1 Doutoranda em Família na Sociedade Contemporânea pela Universidade Católica do Salvador; Mestre em Família na Sociedade Contemporânea – UCSAL (2014). Licenciada em História pela Universidade Estadual de Pernambuco – UPE (2008). Bolsista FAPESB.
2 Pós-doutorado em Humanidades pela Universidad de Salamanca (2011). Doutorado em História – Universidad de Leon (2003). Mestrado em História Social pela PUC/SP. Graduação em História pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo PUC/SP (1992).

 

Literatura Citada

ALMEIDA, Rita de Cássia Das Moreira de. Discriminação feminina e a influência do ethos cristão no desenvolvimento da doutrina da proteção e da legislação correspondente. 2008, Dissertação. Mestrado em Ciências da Religião – Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2008.

AMAZONAS, Maria Cristina Lopes de Almeida; SILVA, Thálita Cavalcante Menezes. Os Sistemas de representação Judaico-cristã e o endereçamento de posições-de-sujeito feministas. Mandrágora, Ano XIV, nº 14, 2008, São Bernardo do Campo, SP: Metodista. ÁNGEL NÚÑEZ, Miguel. Amores que matam: o drama da violência contra a mulher. Trad. Dóris A. de Matos. São Paulo: Casa Publicadora Brasileira, 2005.

BERGER, Peter. O Dossel Sagrado: elementos para uma teoria sociológica da religião. São Paulo: Ed. Paulinas, 1985.

BERGER, Peter & LUCKMANN, Thomas. Modernidade, Pluralismo e crise de sentido: a orientação do homem moderno. São Paulo: Vozes, 2004.

BRANCHER, Mercedes. A violência contra as Mulheres na vida cotidiana. Um estudo do Livro da Aliança a partir de Êxodo 20,22-23,19. 2004, Tese apresentada ao Programa de Pós-graduação em de Ciências da Religião – Universidade Metodista de São Paulo, São Paulo, 2004.

BUARQUE, Cristina. A culpa como matéria de desconstrução do feminismo. Mandrágora, Ano 4 nº 4,1997. São Bernardo do Campo, SP: Metodista.

CARROLL, Aileen Silva; ANDRADE, Sérgio. Até Quando? O cuidado pastoral em contexto de violência contra a mulher praticada por parceiro íntimo. Viçosa, MG: Ultimato, 2010.

CAVALCANTI, Vanessa Ribeiro Simon; GOMES, Gina Emília Barbosa. Violência Familiar e doméstica em foco interdisciplinar: possibilidades contemporâneas e grandes enfrentamentos. In: MOREIRA, Lúcia Vaz de campos (Org.). Psicologia, Família e Direito: interfaces e conexões. Curitiba: Juruá, 2013.

FIORENZA, Elisabeth Schüsller. Caminhos da Sabedoria: uma introdução à Interpretação Bíblica Feminista. São Bernardo do Campo: Nhanduti Editora, 2009.

GEBARA, Ivone. Rompendo o Silêncio: uma fenomenologia feminista do mal. Petrópolis, RJ: Vozes, 2000.

GIDDENS, Anthony. As consequências da modernidade. São Paulo: UNESP, 1991.

GONDIM, Luís Carlos. Representações de gênero em casais e documentos da Igreja Adventista do Sétimo Dia. 2008, Dissertação apresentada ao Programa de Pós-graduação em Família no Sociedade Contemporânea - Universidade Católica do Salvador, Salvador, 2008.

GUIMARÃES, Simone Furquim. Carta aos Efésios 5.21-33 como modelo de discurso de gênero. 2011, Dissertação apresentada ao Programa de Pós-graduação em Teologia - Escola Superior de Teologia, São Leopoldo, 2011.

HALL, Stuart. A identidade cultural na pós-modernidade. Rio de Janeiro: DP&A, 2000.

LOPES, Mercedes. Gênero e Discurso Religioso. RELEGENS THRÉSKEIA Estudo e Pesquisa em Religião, UFPR, v.02, n. 02, pp. 60-70, 2013.

LÓPEZ, Maricel Mena. Teología, espiritualidad y reivindicaciones de género: hacia la recuperación de la dimensión antropológica de la espiritulidad. Estudos de Religião, v. 27, n. 1, p.68-86, jan-jun, 2013.

MAGALHÃES FILHO, José Rômulo de. Matrimônio Protestante: Uma reflexão a partir da antropologia filosófica. 2005, Dissertação apresentada ao Programa de Pós-graduação em Família na Sociedade Contemporânea da Universidade Católica do Salvador, Salvador, 2005.

MARCOS, Sylvia. Religión y genero: contribuciones a su estúdio en América Latina. Introducción al volumen religión y género. Estudos de Religião, São Paulo, Ano XXI, n. 32, 34-59, jan/jun 2007.

MARTINEZ, Raquel Carmen Riquelme. Rompendo as velhas mortalhas: a violência contra a mulher e sua relação com o imaginário androcêntrico de “Deus” na Igreja Metodista do Chile. 2004, Tese apresentada ao Programa de Pós-graduação em Ciências da Religião - Universidade Metodista de São Paulo, São Paulo, 2004.

PERROT, Michelle. Os excluídos da história: operários, mulheres e prisioneiros. São Paulo: Paz e terra, 1998.

SANTOS, Miraildes Belmont do Sacramento. Contribuição do discurso religioso na legitimação da violência contra as mulheres. 2010, Dissertação apresentada ao Programa de Pós-graduação em Teologia - Escola Superior de Teologia, São Leopoldo, 2010.

SILVA, Elisângela Conceição Pereira da. O silenciamento da violência conjugal contra a mulher: um estudo de caso na cidade de Cachoeira, Bahia. Dissertação apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Família na Sociedade Contemporânea. Salvador: Universidade Católica do Salvador, 2009.

SOUZA, Ezequiel de. Masculinidade e Religião: um olhar Teológico. Anais eletrônicos Fazendo Gênero 9. Diásporas, Diversidades, Deslocamentos. 23 a 26 de agosto de 2010.

STRÖHER, Marga J. Casa Igualitária e Casa Patriarcal: espaços e perspectivas diferentes de vivência cristã: o caminho da patriarcalização da igreja no primeiro século do cristianismo. 1998, Dissertação apresentada ao Programa de Pós-graduação em Teologia - Escola Superior de Teologia, São Leopoldo, 1998.

UNSER, Gelci Maria. Mulher: de vítima a discípula de Jesus. Passagem de uma condição de violência de gênero para a condição de discípula e missionária cristã. 2009, Dissertação apresentada ao Programa de pós-graduação em Teologia - Pontifícia Universidade Católica, Rio Grande do Sul, 2009.

VALÉRIO, Mairon Escorsi. Foucault pensando a religião. Revista virtual de Humanidades, v. 5, n. 10, abr./jun. 2004. pp. 230-242

VELOSO, Marcelo Augusto. Uma abordagem de gênero a partir da religião: gênero, masculino e cristianismo. In: Corporeidade, etnia e masculinidade: reflexões do I Congresso Latino-americano de gênero e religião. São Leopoldo: Sinodal, 2005. P.71-79.

VIERO, Glória Josefina. Inculturação da fé no contexto do feminismo. 2005, Tese apresentada ao Programa de Pós-graduação em Teologia - Pontifícia Universidade Católica, Rio de Janeiro, 2005.

VILHENA, Valéria Cristina. Pela voz das mulheres: uma análise da violência doméstica entre mulheres evangélicas atendidas no Núcleo de Defesa e Convivência da Mulher – Casa Sofia. 2009, Dissertação apresentada ao Programa de Pós-graduação em Ciências da Religião - Faculdade de Humanidades e Direito, Universidade Metodista de São Paulo, São Bernardo do Campo, 2009.

WEBER, Max. A Ética Protestante e o Espírito do Capitalismo. São Paulo: Martin Claret, 2006.