Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

A Crise da Razão: Algumas Críticas de Hegel aos Limites da Razão de Kant

DOI: http://dx.doi.org/10.15603/2175-7747/pf.v5n1p45-55

https://www.metodista.br/revistas/revistas-ims/index.php/PF/index 

downloadpdf

Donarte N. dos Santos Júnior1

 

Resumo: Artigo que, com base no escrito Glauben und Wissen, de Hegel, faz uma série de críticas às noções de entendimento e sensibilidade kantianas que, por serem cortantes, não permitem que se vislumbre a unidade entre o sujeito e o predicado, acabando por estabelecer, deste modo, um limite à razão.

Palavras-chave: razão, fé, entendimento, sujeito, predicado

 

Rèsumé: Article that, based on written Glauben und Wissen of Hegel, makes a lot of criticism to the Kantian notions of understanding and sensitivity which, being cutting, does not allow to glimpse the unity between the subject and the predicate, establishing, thus, a limit for the reason.

Mots-clés: reason, faith, understanding, subject, predicate

 

1 É licenciado em Geografia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (2002), Especialista no Ensino de Geografia (2004), Mestre em Educação em Ciências e Matemática (2007) e Mestrando em Filosofia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. É Professor de Geografia da Prefeitura Municipal de Porto Alegre (SMED), na E.M.E.F. João Antônio Satte, lecionando para o 3º Cilco (C30) e para a EJA. Tem experiência na pesquisa e na Educação em Geografia, com ênfase nas Tecnologias aplicadas como Recurso Didático. Atua, principalmente, nos seguintes temas: Educação, Tecnologias, Sensoriamento Remoto, Geoprocessamento e Filosofia

 

Literatura Citada

CIRNE-LIMA, Carlos Roberto Velho. Sobre a Contradição. Porto Alegre: EDIPUCRS, 1993.

FOLLMANN. Interrogações Divinas, Zero Hora, Porto Alegre, 12 set. 2009. Cultura, p. 2.

HEGEL, Georg Wilhelm Friedrich. Enciclopédia das ciências filosóficas em compêndio 1830. Tradução Paulo Menezes e José Machado. 2. ed. São Paulo: Loyola, 1995. 443 p. 1 v. Título Original: Enzyklopädie der philosophischen Wissenschaften im Grundrisse (1830) Erster Teil: Die Wissenschaft der Logik mit den mündlichen Zusätzen.

______. Como o senso comum compreende a filosofia seguido de ensaio sobre a contingência em Hegel. Tradução Eloisa Araujo Ribeiro. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1994. Títulos originais: Wie der gemeine Menschenverstand die Philosophie nehme – dargestellt an den Werken den Herrn Krug e La contingence chez Hegel.

______. Enciclopédia das ciências filosóficas em compêndio 1830. Tradução Paulo Menezes e José Machado. 2. ed. São Paulo: Loyola, 1995. 443 p. 2 v. Título original: Enzyklopädie der philosophischen Wissenschaften im Grundrisse (1830) Erster Teil: Die Wissenschaft der Logik mit den mündlichen Zusätzen.

______. Enciclopédia das ciências filosóficas em compêndio 1830. Tradução Paulo Menezes e José Machado. 2. ed. São Paulo: Loyola, 1995. 443 p. 3 v. Título original: Enzyklopädie der philosophischen Wissenschaften im Grundrisse (1830) Erster Teil: Die Wissenschaft der Logik mit den mündlichen Zusätzen.

______. Fé e saber. Tradução Oliver Tolle. São Paulo: Hedra, 2007. Título original: Glauben und Wissen.

HÖSLE, Vittorio. O Sistema de Hegel – O idealismo da subjetividade e o problema da intersubjetividade. São Paulo: Loyola, 2007.

LUFT, Eduardo. Sobre a coerência do mundo. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2005.

TAYLOR, Charles. Hegel e a sociedade moderna. Tradução de Luciana Pudenzi. São Paulo: Edições Loyola 2005.