Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Paul Tillich e a Compreensão do Fenômeno Religioso Pentecostal

DOI: http://dx.doi.org/10.15603/1677-2644/correlatio.v12n24p171-185

https://www.metodista.br/revistas/revistas-ims/index.php/COR/index 

downloadpdf

Claiton I. Pommerening1

 

Resumo: Paul Tillich é um dos teólogos que tem elevado número de aproximações com o pensamento teológico e fenômeno religioso pentecostal clássico, embora este último nem sempre tenha se mostrado organizado de forma sistemática. Desta forma procura-se salientar possíveis elementos desta aproximação, embora este não fosse o objetivo de Tillich, demonstrando a compreensão da natureza da revelação no pentecostalismo, seu momento mítico e simbólico, a consequente racionalização do fenômeno e as resistências eclesiológicas e teológicas que esta provoca; tenta-se verificar em que proporções a revelação entra em conflito com a razão, fazendo com que possivelmente o adepto do pentecostalismo prefira o abandono da razão teônoma, criando até mesmo um anti-intelectualismo, para preservar o caráter mítico e fundante de sua experiência religiosa. Aborda-se ainda como a revelação influencia e supera a tendência ao formalismo e ao emocionalismo no pentecostalismo.

Palavras-chave: pentecostalismo, fenômeno religioso, razão, revelação, anti-intelectualismo

 

Abstract: Paul Tillich is one of the theologians who has enlarged the number of approaches to theological thought and classic religious Pentecostal phenomenon, though this phenomenon has not always been shown to be organized in a systematic way. Thus we seek to point out possible elements of this approach, although this was not the purpose of Tillich, demonstrating the understanding of the nature of revelation in Pentecostalism, its mythic and symbolic moment, the consequent rationalization of the phenomenon and the ecclesiological and theological resistance it causes, tries to check in what proportions revelation conflicts with reason, possibly causing the follower of Pentecostalism prefer the abandonment of theonomy reason, even creating an anti-intellectualism, to preserve the character and mythical founding of his religious experience. It also discusses how the development influences and overcomes the tendency to formalism and emotionalism in Pentecostalism.

Key words: pentecostalism, religious phenomenon, reason, revelation, anti-intellectualism

 

1 É doutorando em Teologia pela Escola Superior de Teologia (EST), bolsista da Evangelisches Missionswerk da Alemanha. Membro do RELEP – Rede Latino-americana de Estudos Pentecostais e do NEPP – Núcleo de Estudos e Pesquisa do Protestantismo. Professor de Teologia na Faculdade Refidim (Joinville – SC); editor da Azusa Revista de Estudos Pentecostais (ISSN 2178-7441). E-mail: claiton@ceeduc.edu.br. Endereço Lattes: http://lattes.cnpq.br/5540550378381150