Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

A Historiografia Literária Brasileira: Experiências Contemporâneas

DOI: http://dx.doi.org/10.15529/1980-6914/letras.v16n2p27-38

http://editorarevistas.mackenzie.br/index.php/tl/index 

downloadpdf

Carlos Baumgarten1

 

Resumo: O presente trabalho realiza o estudo da historiografia literária brasileira contemporânea em algumas de suas manifestações, como é o caso de Uma história do romance de 30 (2006), de Luís Bueno, e de Como e por que ler o romance brasileiro (2004), de Marisa Lajolo. Além disso, analisa duas antologias, que igualmente revelam intenção historiográfica: Antologia da poesia afro-brasileira: 150 anos de consciência negra no Brasil (2011), organizada por Zilá Bernd, e Antologia comentada da poesia brasileira do século XXI (2006), de Manuel da Costa Pinto.

Palavras-chave: Historiografia literária. Antologias. Subjetividade

 

Abstract: This paper is an approach on some Brazilian literary historiographic works, such as A history of 30’s novel (2006), by Luís Bueno, and How and why to read the Brazilian novel (2004), by Marisa Lajolo. Moreover, two antologies are analyzed, which also revealed historiographic purposes: Anthology of Afro-Brazilian poetry: 150 years of black identity in Brazil (2011), edited by Zilá Bernd, and Commented anthology of 21st century Brazilian poetry (2006), by Manuel da Costa Pinto.

Key words: Literary historiography. Anthologies. Subjectivity

 

1 Doutor em Linguística e Letras pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS) – Porto Alegre – SP – Brasil. Professor adjunto de Teoria da Literatura na mesma instituição. Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq. E-mail: baumg@mikrus.com.br

 

Literatura Citada

BERND, Z. (Org.). Antologia da poesia afro-brasileira: 150 anos de consciência negra no Brasil. Belo Horizonte: Mazza Edições, 2011.

BUENO, L. Uma história do romance de 30. São Paulo: Edusp; Campinas: Editora da Unicamp, 2006.

CANDIDO, A. Formação da literatura brasileira: momentos decisivos. São Paulo: Edusp, 1975.

COUTINHO, A. (Org.). A literatura no Brasil. Rio de Janeiro: José Olympio; Niterói: UFF, 1986.

JAUSS, H. R. A História da literatura como provocação à Teoria Literária. São Paulo: Ática, 1994.

LAJOLO, M. Como e por que ler o romance brasileiro. Rio de Janeiro: Objetiva, 2004.

LIMA, L. C. A literatura e o leitor: textos de estética da recepção. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1979.

LIMA, L. C. Teoria da literatura em suas fontes. Rio de Janeiro: Francisco Alves, 1983.

MALLARD, L. et al. História da literatura: ensaios. Campinas: Editora da Unicamp, 1994.

NORA, P. (Org.). Ensaios de ego-história. Lisboa: Edições 70, 1989.

OLINTO, H. K. (Org.). Histórias de literatura: as novas teorias alemãs. São Paulo: Ática, 1996.

OLINTO, H. K. Uma historiografia literária afetiva. Cadernos de Pesquisa em Literatura, Porto Alegre, v. 14, n. 1, jun. 2008.

PERKINS, D. História da literatura e narração. Cadernos do Centro de Pesquisas Literárias da PUCRS, Porto Alegre, v. 3, n. 1, mar. 1999. Série Traduções.

PINTO, M. da C. (Org.). Antologia comentada da poesia brasileira do século XXI. São Paulo: Publifolha, 2006.

SILVA, J. N. de S. História da literatura brasileira e outros ensaios. Organização, apresentação e notas de Roberto Acízelo de Souza. Rio de Janeiro: Zé Mário Ed.; Fundação Biblioteca Nacional, 2002.

SOUZA, R. A. de (Org.). Historiografia da literatura brasileira: textos inaugurais. Rio de Janeiro: Eduerj, 2007.

ZILBERMAN, R. Estética da recepção e história da literatura. São Paulo: Ática, 1989.

ZILBERMAN, R.; MOREIRA, M. E. (Org.). O berço do cânone. Porto Alegre: Mercado Aberto, 1998.