Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Do Enic ao Decatlo Intelectual: Ações Educativas Desafiadoras e Interativas em Ciências da Natureza, Matemática e suas Tecnologias

DOI: http://dx.doi.org/10.15599/0104-4834/cogeime.v20n39p79-91

https://www.redemetodista.edu.br/revistas/revistas-cogeime/index.php/COGEIME/index 

downloadpdf

James Rogado1, Oldack Chaves2, Maria do C. R. L. Gomes3, Anne C. de C. Coral4, Fabia M. Evangelista5 & Thamiris F. Bessi6

 

Resumo: A partir do trabalho coletivo e de parcerias colaborativas entre professores e alunos universitários e professores das escolas básicas é possível propor inovações didático-pedagógicas no âmbito do ensino-aprendizagem das Ciências Exatas e da Natureza. Objetiva-se desenvolver experiências compartilhadas entre a Unimep e escolas de nível médio da região mediante a parceria entre o curso de Química-licenciatura/Núcleo de Educação em Ciências da Unimep e as diretorias de ensino paulistas. Pretende-se a consolidação/ampliação das atividades educativas que proporcionam a oportunidade real de aprendizagem para inserção no mundo produtivo e solidário. A metodologia de intervenção pedagógica é construída a partir do trabalho coletivo e das parcerias colaborativas entre professores e estudantes universitários e professores do ensino médio, propondo inovações didático-pedagógicas nas escolas de nível médio e em cursos de licenciatura, imbricando ensino, pesquisa e extensão, oferecendo assessoria contínua e estimulando a reflexão na práxis. Os resultados apontam para a geração de possibilidades de melhoria na formação dos futuros educadores, o despertar do gosto dos estudantes pela escola (e especialmente pela química), e a promoção do aperfeiçoamento profissional aos docentes das disciplinas envolvidas, além da criação de espaços de negociação, respeito e crescimento mútuo entre os atores da universidade e da escola.

Palavras-chave: ciências exatas e da natureza, parceria colaborativa, formação docente e discente.

 

Abstract: From the joint work and the collaborative partnerships between college professors and students and primary school teachers, it is possible to provide didactic and pedagogical innovations in teaching and learning of Exact Sciences and Nature. The objective is to develop shared experiences between the Methodist University of Piracicaba and local high schools through a partnership between the University’s Chemistry course and its Center for Science Education and the Boards of Education in Sao Paulo. The aim is the consolidation / expansion of educational activities that provide a real opportunity for learning and the insertion into the productive and supportive world. The methodology for pedagogical intervention is built from the joint work and collaborative partnerships between college professors and students and high school teachers, proposing didactic and pedagogical innovations in high schools and in bachelor courses, uniting teaching, research and extension, providing ongoing advice, and encouraging reflection on practice. The results indicate the generation of opportunities for improving the training of future educators, the awakening of the students’ taste for studies – especially Chemistry – and the promotion of professional development for teachers of all disciplines involved, besides the creation of spaces for negotiation, respect, and mutual growth between all actors from the university and schools.

Keywords: Exact and nature sciences, collaborative partnership, teacher and student training.

 

1 Coordenador do curso de Química-licenciatura, Universidade Metodista de Piracicaba. E-mail: jrogado@unimep.br
2 Dirigente Regional de Ensino de Piracicaba, Secretaria de Educação do Estado de São Paulo. E-mail: depir@see.sp.gov.br
3 Dirigente Regional de Ensino de Capivari, Secretaria de Educação do Estado de São Paulo. E-mail: decap@see.sp.gov.br
4 Bolsista do Fundo de Apoio à Extensão, Universidade Metodista de Piracicaba. E-mail: annefilosofia@hotmail.com
5 Bolsista do Programa PIBIC/CNPq, Universidade Metodista de Piracicaba E-mail: fmevangeli@unimep.br
6 Bolsista do Fundo de Apoio à Extensão, Universidade Metodista de Piracicaba. E-mail: tfb.thamiris@gmail.com

 

Literatura Citada

CHASSOT, A. Alfabetização Científica: questões e desafios para a educação. 3. ed. Ijuí-RS: UNIJUÍ, 2003.

FRANCIOSI, B. R. T. Modelagem de Software Educacional. (Notas de Aula – Curso de Pós Graduação em Informática na educação). Porto Alegre: II/PUCRS, 1997.

GRANDO, R. C. O jogo na educação: aspectos didático-metodológicos do jogo na educação matemática. Unicamp, 2001. <http://www.cempem.fae.unicamp.br/lapemmec/cursos/el654/2001/jessica_e_paula/JOGO.doc> Acesso em: 31 maio 2011.

GURGEL, C. M. A. Políticas Públicas e Educação para a Ciência no Brasil (1983-1997): Afinal, o que é um Ensino de Qualidade? Revista Iberoamericana de Educación, Biblioteca Digital de la OEI, 2001. Disponível em: <http://www.campusoei.org/revista/deloslectores/105Gurgel.PDF> Acesso em: 15 jun. 2011.

MAYRING, P. Introdução à Pesquisa Social Qualitativa: uma introdução para pensar qualitativamente. Weinheim: Beltz, 2002.

MORATORI, P. B. Por Que Utilizar Jogos Educativos no Processo de Ensino-Aprendizagem? Trabalho de Conclusão de Curso – Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro-RJ, 2003.

PASSERINO, L. M. Avaliação de jogos educativos computadorizados. Taller Internacional de Software Educativo 98 – TISE’ 98. Anais. Santiago, Chile, 1998.

ROGADO, J.; RAMALHO, L.H.; SILVA, Q.G.S.; MORAES, P.F. Contribuições da Parceria Colaborativa Universidade-Escola Pública ao Ensino-Aprendizagemde Ciências/Química. Anais do VII Encontro de Pesquisa em Educação em Ciências (ENPEC). Florianópolis-SC: UFSC, 2009. Disponível em: <http://www.foco.fae.ufmg.br/viienpec/index.php/enpec/viienpec/paper/viewFile/1145/46> Acesso em: 15 jun. 2011

ROGADO, J.; TAVARES, L.H.W.; DORIGUELLO, L.C.; RODRIGUES FILHO, C.; AVANZI, C.J. Formação Docente e Discente em Práticas de Parceria Colaborativa Universidade-Escola. Resumos do XIV Encontro Nacional de Ensino de Química. Curitiba-PR: UFPR, 2008.

ROGADO, J. O Lugar da História da Ciência em Investigações Sobre Educação Química no Brasil: refazendo o caminho e apontando alternativas. Tese de doutorado, Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Metodista de Piracicaba, Piracicaba-SP, 2007.

ROGADO, J. Quantidade de Matéria e Mol – Concepções de Ensino e Aprendizagem. Dissertação de Mestrado, Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Metodista de Piracicaba, Piracicaba-SP, 2000.

ROSA NETO, E. Laboratório de Matemática. In: Didática da Matemática. São Paulo: Ática, 1992.

SOLBES, J.; TRAVER, M. La Utilización de la Historia de la Ciencia en la enseñanza de la Física Y Química. Enseñanza de las Ciencias, 14(1), p. 103-112, 1996.

TOFOLO, F. T. S. A Importância da Iniciação Científica no Ensino Médio. Anais do 3º Simpósio de Ensino e Graduação da Universidade Metodista de Piracicaba. Piracicaba-SP: UNIMEP, 2005.