Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Pensamento Mágico e Mística na Vida Religiosa de Mulheres Tecelãs: Reflexões a Partir do Pensamento de Simone de Beauvoir e Marcela Lagarde

DOI: http://dx.doi.org/10.15603/2176-0985/mandragora.v17n17p3-15

https://www.metodista.br/revistas/revistas-ims/index.php/MA/index 

downloadpdf

Edla Eggert1 & Amanda M. A. Castro2

 

Resumo: Este artigo tem como objetivo realizar algumas reflexões a partir do pensamento da filósofa feminista francesa Simone de  Beauvoir (1908–1986) e da antropóloga feminista mexicana MarcelaLagarde, professora da UNAM (Universidad Nacional Autónoma do México). Propomos aqui pensar o que ambas escreveram sobre mulheres e religiosidade; refletirmos sobre o pensamento de Beauvoir e Lagarde na nossa pesquisa empírica, que está sendo realizada num ateliê de tecelagem localizado em Alvorada, região metropolitana de Porto Alegre, no estado do Rio Grande do Sul. Com o viés educação, gênero, religião e trabalho artesanal realizado por mulheres, nossa pesquisa busca problematizar e compreender a pedagogia das feminilidades aprendidas na sociedade e reafirmadas na igreja pentecostal Assembleia de Deus e suas implicações no trabalho de mulheres tecelãs. Refletindo a partir do pensamento e da epistemologia feminista, como é a experiência de religiosidade das mulheres pentecostais? Existem peculiaridades nessa experiência? Ou a experiência é igual para ambos os sexos? Aqui, a partir do pensamento feminista e da empiria com mulheres pentecostais, buscamos realizar alguns apontamentos.

Palavras-chave: Religião, gênero, educação, feminismo, tecelãs.

 

Abstract: This paper objective is to make some reflections from the French feminist thought of Philosopher, Simone de Beauvoir (1908- 1986) and Marcela Lagarde, Mexican Anthropologist feminist, Teacher at the National Autonomous University of Mexico. We propose here to think what both have written about women and religion and to reflect on the thinking of Beauvoir and Lagarde on our empirical research, which is carrying out in a weaving workshop located in Alvorada, metropolitan region of Porto Alegre, in Rio Grande do Sul. With the  perspective education, gender, religion and handmade work performed  by women, our research aims to problematize and to understandthe pedagogy of femininities learned at the society and reaffirmed at the Pentecostal Church named Assembly of God and its implications on the work of women weavers. Reflecting from the thought andfeminist epistemology how is the experience of Pentecostal women religious? Are there peculiarities in the experience of these women? That experience is the same for both sexes? Here, from the feminist thought and the empirical movement with Pentecostal women we intended to make some notes.

Key words: Religion, gender, Education, Feminism, Weavers. Ler foneticamente

 

1 Mestre em Educação e Doutora em Teologia. Professora do Programa de Pós-Graduação em Educação da Unisinos.
2 Mestre em Educação e Doutoranda na mesma área pela Unisinos.

 

Literatura Citada

ALENCAR, Gedeson Freiras de. Todo poder aos pastores, todo trabalho ao povo, todo louvor a Deus: Assembléia de Deus: Origem, implantação e militância (1911–1946). Dissertação de Mestrado. Ciências da Religião, Universidade Metodista de São Paulo – UMESP. 2000.

BEAUVOIR, Simone. O segundo sexo. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2009.

BRANDÃO, Carlos Rodrigues. A pergunta a várias mãos, a experiência da pesquisa no trabalho do educador. São Paulo: Cortez, 2003.

BRASIL. Ministério da Fazenda. Lei nº 5.764, de 1971. Política Nacional de Cooperativismo. Disponível em: <http://www.receita.fazenda.gov.br/.../pr634a646.htm>. Acesso em: 10 ago. 2009.

CASTRO, Amanda Motta Angelo. Diário de Campo. Alvorada: Não Publicado, 2009.

DEWEY, John. Experiência e Educação. São Paulo: C. E. Nacional, 1976.

EGGERT, Edla. Trabalho manual e debate temático: tramando conhecimentos na simultaneidade. In: NEUENFELDT, Eliane; BERGSCH, Karen; PARLOW, Mara (Org.). In: Epistemologia, violência, sexualidade: olhares do II Congresso Latino-Americano de Gênero e Religião. São Leopoldo: Sinodal, 2008.

FIORENZA, Elisabeth Schussler. Caminhos da sabedoria: uma introdução à interpretação bíblica feminista. São Bernardo do Campo: Nhauduti, 2009.

FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS – FGV. http://www.fgv.br/fgvprojetos/ Acesso em: 20 de dezembro de 2009.

GEBARA, Ivone. Rompendo o silêncio: uma fenomenologia feminista do mal. São Paulo: Vozes, 2000.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Indicadores Sociais. Disponível em: <http://www.ibge.gov.br/home>. Acesso em: 9 out. 2009.

JOSSO, Marie-Christine. Experiências de vida e formação. São Paulo: Cortez, 2004

JOSSO, Marie-Christine. As figuras de ligação nos relatos de formação: ligações formadoras, deformadoras e transformadoras. In: Educação e Pesquisa. São Paulo, v. 32, n. 2, p. 373-383, maio/ago, 2006.

JOSSO, Marie-Christine. A transformação de si a partir da narração de histórias de vida. In. Revista Educação. Porto Alegre/RS, ano XXX, n. 3 (63), p. 413-438, set./dez., 2007.

LAGARDE, Marcela. Cautiverios de las mujeres: madresposas, monjas, putas, presas y locas, 4. ed. Ciudad del México: UNAM, 2005.

MARIANO, Ricardo. Neopentecostais: sociologia do novo pentecostalismo no Brasil, 2. ed. São Paulo, Loyola, 2005.

NEUENFELDT, Eliane, BERGSCH, Karen, PARLOW, Mara (Org.). Epistemologia, violência, sexualidade: olhares do II Congresso Latino-Americano de Gênero e Religião. São Leopoldo: Sinodal, 2008.

NUNES, Maria José Rosado. Teologia feminista e a crítica da razão religiosa patriarcal: entrevista com Ivone Gebara. In: Revista de Estudos Feministas. Florianópolis, v. 14, jan./apr. 2006, p. 1-5.
NUNES, Maria José Rosado. Gênero e Religião. 2005. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/ref/v13n2/26888.pdf>. Acesso em: 5 ago. 2008.

NUNES, Maria José Rosado. Gênero, saber, poder e religião. In: ANJOS, Márcio Fabri dos. Teologia e novos paradigmas. São Paulo, Loyola, 1996.

PREFEITURA DE ALVORADA. História. Disponível em: <http://www.alvorada.rs.gov.br>. Acesso em: 25 out. 2009.

SAFFIOTI, Heleieth. Gênero e patriarcado. In: VENTURI, Gustavo, RECAMÁN, Marisol, OLIVEIRA, Suely de. A mulher brasileira nos espaços públicos e privados. São Paulo: Fundação Perseu Abramo, 2004.

SCHULTZ, Adilson. Deus está presente, o diabo está no meio: protestantismo e as estruturas teológicas do imaginário religioso brasileiro. 2005. Tese (Doutorado). Teologia, Escola Superior de Teologia – EST, São Leopoldo, 2005.