Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

O Papel Feminino na Política Brasileira

DOI: http://dx.doi.org/10.15603/2176-0985/mandragora.v17n17p147-156

https://www.metodista.br/revistas/revistas-ims/index.php/MA/index 

downloadpdf

Gabriela S. Balestero1

 

Resumo: O artigo questiona a discriminação da mulher no cenário social e político brasileiro, diante da ausência de equiparação, de fato, no tange à igualdade de chances e a acesso a cargos públicos. Isso viola o disposto no artigo 5°, inc. I da Constituição Federal, que prevê a igualdade entre homens e mulheres em direitos e obrigações. É necessária uma mudança da mentalidade para que realmente haja a quebra dos estereótipos de identidade de gênero ainda existentes.

Palavras-chave: Discriminação; equiparação; igualdade de gênero; acesso.

 

Abstract: The purpose of this study is to analyze the discrimination against women in Brazilian political scenario in the absence of assimilation of fact in respect to equal opportunity and access to public office in order to violate the provisions of Article 5, inc. I of the Federal Constitution provides for equality between men and women in rights and obligations. We need a change of mindset that there really is breaking the stereotypes of gender identity still exist.

Key words: Discrimination, assimilation, gender equality, access.

 

1 Mestranda em Direito Constitucional pela Faculdade de Direito do Sul de Minas, especialista em Direito Constitucional e em Direito Processual Civil pela Faculdade de Direito do Sul de Minas. Advogada militante graduada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie em 2006. Endereço eletrônico para contato: gabybalestero@yahoo.com.br.

 

Literatura Citada

AGÊNCIA CÂMARA. PEC cria vagas para mulheres nas Mesas da Câmara e do Senado. 09/01/2009. Disponível em: http://www2.camara.gov.br/agencia/noticias/132997.html; Acesso em: 23. nov. 2010.

ANJOS, Cláudia Giovannetti Pereira dos. O Supremo Tribunal Federal e a proteção às minorias. In: AMARAL JUNIOR, Alberto; JUBILUT, Liliana Lyra. (Org.). O STF e o Direito Internacional dos Direitos Humanos. São Paulo: Quartier Latin, 2009, p. ...

BAHIA, Alexandre Gustavo Melo Franco. Uma mulher presidente do Brasil. In: A Tribuna Pousoalegrense: Pouso Alegre, MG, ano V, v. 258, 06 nov. 2010, p. 5.

BAHIA, Alexandre Gustavo Melo Franco, NUNES, Dierle José Coelho. O potencial transformador dos direitos “privados” no constitucionalismo pós- 88: igualdade, feminismo e risco. In: Revista dos Tribunais. São Paulo: RT, v. 882, 2009, p. 45-60.

BERGOGLIO, Maria Inés. Desiualdades en el acceso a la justicia civil diferencias de gênero. In: Revista de Investigaciones Jurídicas y Sociales. Buenos Aires: Facultad de Derecho y Ciências Sociales, Universidad Nacional del Argentina, 2007, p. 1-12.

COSTA, Albertina de Oliveira. Protagonistas ou coadjuvantes: Carlota e os estudos feministas. In: Cadernos de Pesquisa. São Paulo, n. 96, fev. 1996, p. 66-70. Disponível em <http://educa.fcc.org.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-15741996000100007&lng=pt&nrm=iso>, acesso em 30 mai 2012.

CUNHA, Rogério Sanches, PINTO, Ronaldo Batista. Violência Doméstica: Lei Maria da Penha (Lei 11.340/2006) comentada artigo por artigo. 2. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2008.

DUARTE, Constância Lima. As viagens de Nísia Floresta: memória, testemunho e história. Revista de Estudos Feministas. Florianópolis, n. 16, set/dez 2008, p. 1047-1060. Disponível em <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-026X2008000300021&lng=en&nrm=iso>. Acesso em 30 mai 2012.

FISS, Owen M. Qué es el feminismo? Congreso del Consejo General del Poder Judicial. Madrid, diciembre, 1992.

FORST, Rainer. Contextos da Justiça. São Paulo: Boitempo Editorial, 2010.

GROPPI, Ângela; BONACCHI, Gabriella (org.). O dilema da cidadania: direitos e deveres das mulheres. São Paulo: Unesp, 1995.

HABERMAS, Jürgen. A constelação pós-nacional: ensaios políticos. São Paulo: Littera Mundi, 2001.

HABERMAS, Jürgen. A inclusão do outro. São Paulo: Loyola, 2007.

HABERMAS, Jürgen. A nova intransparência: a crise do Estado de Bem Estar Social e o Esgotamento das Energias Utópicas. In: Novos Estudos. São Paulo: CEBRAP, n.18, set. 87, p.77-102.

HABERMAS, Jürgen. Entrevista de Jurgen Habermas a Mikael Carlehedem e René Gabriels. In: Novos Estudos. São Paulo: CEBRAP, n. 47, março 1997, p. 85-102.

MILL, Stuart. Ensaio sobre a liberdade. São Paulo: Escala, 2006.

MILL, Stuart. O governo representativo. São Paulo: Escala, 2006.

MOUFFE, Chantal. Feminismo, ciudadanía y política democrática radical. In: Debate Feminista. São Paulo: Cia Melhoramentos, 1999, p. 29-47.

MOUFFE, Chantal. Pensando a democracia com, e contra, Carl Schmitt. Trad. Menelick de Carvalho Neto. In: Cadernos da Escola do Legislativo. Belo Horizonte, jul-dez 1994.

MÜLLER, Friedrich. Que grau de exclusão social ainda pode ser tolerado por um sistema democrático? Porto Alegre: Unidade editorial, 2000.

NEVES, Maria. Mulheres têm pouco acesso a cargos públicos no Brasil. Distrito Federal: Agência Câmara, 08.03.2007. Disponível em http://www2.camara.gov.br/agencia/noticias/99088.html, acesso em 30 mai 2012.

PAUTASSI, Laura C.. Há igualdade na desigualdade? Abrangência e limites das ações afirmativas. In: Sur, Revista Internacional de Direitos Humanos. São Paulo, v. 4, n. 6, 2007. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1806-64452007000100005&lng=en&nrm=iso>. Acesso em 30 mai 2012.

RICOCEUR, Paul. Leituras 1: em torno ao político. Tolerância, intolerância, intolerável. São Paulo: Brasil, 1995.

RIOS, Roger Raupp. A homossexualidade no Direito. Porto Alegre: Livraria do Advogado, Esmafe, 2001.

RIOS, Roger Raupp. O princípio da igualdade e a discriminação por orientação sexual: a homossexualidade no direito brasileiro e norte americano. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2002.

SOIHET, Rachel. Nísia Floresta e mulheres de letras no Rio Grande do Norte: pioneiras na luta pela cidadania. In: Revista de Estudos Feministas. Florianópolis, n. 13, jan/abr. 2005, p. 179-199.

SOUSA, Lina Gomes Pinto de; SOMBRIO, Mariana de Moraes; LOPES, Maria Margaret. Para ler Bertha Lutz. In: Cadernos Pagu. Campinas, n. 24, jan/jun 2005, p. 315-325.

TABAK, Fanny; VERUCCI, Florisa. A difícil igualdade: os direitos da mulher como direitos humanos. Rio de Janeiro: Relume-Dumará, 1994.

WOLLSTONECRAFT, Mary. The Vindication of Rights of Woman. London: Peguin Classics, 1992.

YOUNG, Iris Marion. Representação política, identidade e minorias. São Paulo: Lua Nova, 67, 2006, p. 139-190.