Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Chocolate, o Filme: Uma Leitura do Lugar das Mulheres na Ordem das Coisas

DOI: http://dx.doi.org/10.15603/2176-0985/mandragora.v15n15p125-128

https://www.metodista.br/revistas/revistas-ims/index.php/MA/index 

downloadpdf

Naira P. dos Santos1

 

Resumo: Chocolate, o filme, apresenta-nos uma história na qual procuramos desvendar os meandros pelos quais a violência de gênero se constitui e tece seus fios nas malhas do poder normativo da religião, da ciência e da política. Um sistema de poder de cuja produção e manutenção todas as personagens participam, ainda que de formas diversas e em graus variados.

Palavras-chave: Gênero – Violência simbólica – Religião.

 

Abstract: Chocolate, the movie, presents us a story in which we try to disentangle the meanders by which gender violence is produced and iswoven in the fabrics of the prescriptive power of religion, science and politics. A power system in whose production and maintenance all characters participate, even if through different forms and several degrees.

Key words: Gender – Symbolic violence – Religion.

 

1 Teóloga, mestranda na área de Bíblia, em Ciências da Religião, na UMESP e assistente editorial da EDITEO (Editora da Faculdade de Teologia da Igreja Metodista).

 

Literatura Citada

ARENDT, Hanna. A condição humana. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2004.

FABRIS, Annateresa. Cindy Sherman ou de alguns estereótipos cinematográficos e televisivos. Estudos Feministas, Florianópolis, UFSC, v. 11, n. 1, 2003.

LOPONTE, Luciana Grupelli. Sexualidades, artes visuais e poder: pedagogias visuais do feminino. Estudos Feministas. Florianópolis: UFSC, v. 10, n. 2, 2002.

PELBART, Peter Pál; COSTA, Rogério da. Angelus Novus do Porvir. Entrevista com Toni Negri. In: Toni Negri, Exílio seguido de valor e afeto. São Paulo: Iluminuras, 2001.

RANKE-HEINEMANN, Uta. Eunucos pelo reino de Deus: mulheres, sexualidade e a Igreja católica. Rio de Janeiro: Rosa dos Tempos, 1988.

SCOTT, Joan. Gênero: uma categoria útil de análise histórica. Revista Educação e Realidade, Porto Alegre, v. 16, n. 2, 1990.

SOIHET, Rachel. Violência simbólica: saberes masculinos e representações femininas. In: Estudos Feministas, v. 5, n. 1, Rio de Janeiro, 1997.

SOUZA, Sandra Duarte de. Corpo de mulher e violência simbólica. Tempo e Presença. Rio de Janeiro, n. 322, 2002.

VERGARA, Silvia Constant; CARVALHO, José Luis Felício dos Santos de; GOMES, Ana Paula Cortat Zasmbrotti. Controle e coerção: a pedagogia do olhar na espacialidade do teatro e das organizações. RAE Revista de Administração de Empresas, v. 44, n. 3, 2004.