Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Gênero e Política na França: A Eleição Presidencial em Debate

DOI: http://dx.doi.org/10.15603/2176-0985/mandragora.v13n13p71-78

https://www.metodista.br/revistas/revistas-ims/index.php/MA/index 

downloadpdf

Janine M. Lavau1

 

Resumo: Em 2007, pela primeira vez na França, um grande partido político, o Partido Socialista, apresentou uma mulher como candidata à presidência da república. Ela não foi eleita, mas a sua campanha se reveste de uma importância singular num país onde, até então, não havia mais do que 12,3% de mulheres na composição do Congresso Nacional (18,5% desde as eleições legislativas de junho de 2007). Este artigo analisa o significado dessa candidatura do ponto de vista de gênero na história da elegibilidade na França e na história do voto.

Palavras-chave: gênero, eleições, elegibilidade, voto, feminismo, poder executivo, mulheres.

 

Abstract: In 2007, for the first time in France, a big political party, the socialist party, has presented a woman as a candidate for the republic presidence. She has not been elected but her campaign is particularly important in a country who had only 12,3% of women in his national assembly ( 18,5% since the national elections of june 2007). This paper analyzes the meaning of this candidature from the point of view of the gender in the story of elegibility and the story of the vote in France.

Key words: Gender. Elections. Eligibility. Vote. Feminism. Executive power. Women.

 

1 Janine Mossuz-Lavau é diretora de pesquisas do CNRS Centre National de la Recherche Scientifique et membro do Observatoire de la parité