Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Hipertexto, Comunicação e Construção do Saber

DOI: http://dx.doi.org/10.15603/2175-7755/cs.v22n34p41-54

https://www.metodista.br/revistas/revistas-ims/index.php/CSO 

downloadpdf

Jacques Vigneron1

 

Resumo: Partindo da análise de um exemplo – o hipertexto e a fé em Deus –, foram elaboradas as premissas de uma teoria do hipertexto – conceitos e características –, com base no modelo construtivista de comunicação.

Palavras-chave: Comunicação, construtivismo, internet, hipertexto.

 

Abstract: Starting from the analysis of an example – the hypertext and the faith in God –, there were worked out the premises of a hypertext theory (concepts and features), based on the constructivist communication standard.

Key words: Communication, constructivism, internet, hipertext.

 

1 Educador, doutor em Ciências Humanas pela Université de Paris VIII (Vincennes), é professor do Programa de Pós-Graduação em Comunicação Social da Umesp. E.mail:giraud@nutecnet.com.br.

 

Literatura Citada

CAINCROSS, Frances. O fim das distâncias: como a revolução nas comunicações transformará nossas vidas. São Paulo: Nobel, 1999. 341 p.

CABIN, Philippe (Org.). La communication: état des savoirs. Paris: Edition des Sciences Humaines, 1998. 462 p.

GARAUDY, Roger. Comment l’homme devient humain. Paris: J. A., 1978. 337 p.

LÉVY Pierre. As tecnologias da inteligência: o futuro do pensamento na era da informática. Rio de Janeiro: Editora 34, 1999. 203 p.

LITTO, Fredric. São Paulo, mar. 2000. Entrevista concedida a Aparecida Ribeiro sobre “o hipertexto”.

MARITAIN, Jacques. Neuf leçons sur les notions premières de la philosophie morale. Paris: Pierre Téqui, 1995. 194 p.

RIBEIRO, Aparecida. Navegar em mares nunca dantes navegados. São Bernardo do Campo: Programa de Pós-Graduação em Comunicação Social, 2000. [Mimeo].

VIGNERON, Jacques. Comunicação inter pessoal e formação permanente. São Paulo: Angellara, 1997. 218 p.

VIGNERON, Jacques. La faute de l’abbé Mouret et O missionário, révélateur du prêtre, de la femme et de la société dans la fiction Française e Brésilienne de la fin du 19ème siècle. Paris, 1980. Tese (Doutorado) – Université de Paris VIII.