Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Transtornos Alimentares: Funcionamento Mental e Sofrimento Psíquico em Pacientes com Anorexia Nervosa

DOI: http://dx.doi.org/10.15603/2176-1019/mud.v14n2p186-196

https://www.metodista.br/revistas/revistas-ims/index.php/MUD/index 

downloadpdf

Jussára C. van De V. V. da Silva1 & Isabel C. M. Paegle2

 

Resumo: Apresenta-se o relato de um caso clínico atendido sob as técnicas psicanalíticas. Trata-se de uma paciente de 40 anos de idade encaminhada pelos critérios diagnósticos segundo o DSM-IV (APA,1994) e CID-10 (OMS-1993), anorexia nervosa. O psicodiagnóstico foi realizado pela Entrevista Clínica, Teste de Atitudes Alimentares (EAT), desenho da Figura Humana e as treze lâminas do Teste de Relações Objetais de Phillipson (TRO). Os resultados do psicodiagnóstico revelaram as dificuldades do funcionamento mental e as decisões da técnica a ser desenvolvida na psicoterapia. O Teste de Phillipson foi um instrumento valioso na avaliação da natureza das relações de objeto. Os fundamentos teóricos e técnicos da psicanálise permitem maior flexibilidade do terapeuta na compreensão e manejo destes casos clínicos.

Palavras-chave: transtornos alimentares, anorexia nervosa, teste de Phillipson, psicoterapia psicanalítica.

 

Abstract: A clinical case report is presented, where the psycho-analytic techniques were used. It is about a forty-year-old patient, diagnosed by the DSM-IV (APA, 1994) and CID-10 (WHA, 1993) as suffering of Anorexia. The psycho-diagnosis was carried out through a Clinical Interview, a Feeding Attitudes Test (FAT), a Human Figure drawing and also the thirteen plates of the Phillipson’s Object Relations Test (ORT). The psycho-diagnosis results disclosed the mental functioning difficulties and technical decisions to be developed by psychotherapy. The Phillipson Test was a priceless instrument to evaluate the object relations’ nature. The psychoanalysis theoretical and technical foundations allow a greater therapist flexibility on the understanding and handling of such clinical cases.

Key words: eating disorders, anorexia, Phillipson’s Object Relations Test, psychoanalytical psychotherapy

 

1 Doutora em Ciências da Religião da Universidade Metodista de São Paulo; Mestre em Psicologia da Saúde pela Metodista; Psicoterapeuta; Membro da Associação de Psicoterapia e Estudos Psicanalíticos (APEP) - Santo André (SP)
2 Psicóloga Clínica, Especialista em Diagnóstico e Tratamento dos Transtornos Alimentares pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP; Psicóloga do Instituto Brasileiro Interdisciplinar da Obesidade, de São Paulo; Especialista em Distúrbios Alimentares e Cirurgia da Obesidade - Faculdade de Medicina do Hospital das Clínicas da USP - São Paulo; Membro da diretoria da APEP. E-mail: icmpaegle@terra.com.br

 

Literatura Citada

Abreu, N., & Cagelli Filho, C. (2004). Anorexia nervosa e bulimia nervosa - abordagem cognitivo-construtivista de psicoterapia. Revista Brasileira de Psiquiatria, 31(4), 177-183. http://dx.doi.org/10.1590/S0101-60832004000400010

Appolinário, J. C., & Claudino, A. M. (2000). Transtornos alimentares. Revista Brasileira de Psiquiatria, 22(Supl. 2), 28-31. http://dx.doi.org/10.1590/S1516-44462000000600008

Arzeno, M. E. G. (1983). La fantasia de Enfermedad, Curación Y Análisis (Su importancia clínica y su diagnóstico a través del Test de Relaciones Objetales de H. Phillipson). In R. F. Verthelyi (Ed.), Atualizaciones en el Test de Phillipson (pp. 181-222). Buenos Aires: Paidós.

Bion, W. R. (1957). Diferenciação entre a Personalidade Psicótica e a Personalidade Não-Psicótica (W. M. d. M. Dantas, trad.). In W. R. Bion (Ed.), Estudos Psicanalíticos Revisados (pp. 45-62). Rio de Janeiro: Imago.

Bruch, H. (1973). Eating Disorders. Obesity, Anorexia Nervosa, and the Person Within. New York: Basic Books, Inc. Publishers.

Claudino, A. M., & Borges, M. B. F. (2002). Critérios diagnósticos para os transtornos alimentares: conceitos em evolução. Revista Brasileira de Psiquiatria, 24(Supl. 3), 7-12. http://dx.doi.org/10.1590/s1516-44462002000700003

Cordás, T. A. (2004). Transtornos alimentares: classificação e diagnóstico. Revista de Psiquiatria Clínica, 31(4), 154-157. http://dx.doi.org/10.1590/s0101-60832004000400003

Cordás, T. A., & Claudino, A. M. (2002). Transtornos alimentares: fundamentos históricos. Revista Brasileira de Psiquiatria, 24 (Supl. 3), 3-6. http://dx.doi.org/10.1590/S1516-44462002000700002

Gorgati, S. B., Holcberg, A. S., & Oliveira, M. D. (2002). Abordagem psicodinâmica dos transtornos alimentares. Revista Brasileira de Psiquiatria, 24(Supl. 3), 44-48. http://dx.doi.org/10.1590/S1516-44462002000700010

Grassano, E. N. (1996). Indicadores Psicopatológicos nas Técnicas Projetivas (L. S. L. P. C. Tardivo, trad.). São Paulo: Casa do Psicólogo.

Klein, M. (1946-1991). Notas sobre alguns mecanismos esquizóides (E. M. d. R. Barros & L. P. Chaves, trad.). In M. Klein (Ed.), Inveja e Gratidão e outros Trabalhos (pp. 21-27). Rio de Janeiro: Imago.

Lawrence, M. (1984-1988). A Experiência Anoréxica (T. M. Rodrigues, trad.). São Paulo: Summus Editorial.

Lawrence, M. (2001, p.11). Morrer de amor: a anoréxica e seus objetos (Vol. 32). London: Hogarth Press.

Martins, F. C., & Sassi Jr, E. (2004). A comorbidade entre transtornos alimentares e de personalidade e suas implicações clínicas. Revista Brasileira de Psiquiatria, 31(4), 161-163. http://dx.doi.org/10.1590/s0101-60832004000400005

Miranda, M. R. (2003). O Mundo Objetal Anoréxico e a Violência Bulímica. Psicologia USP. São Paulo (19), 87-101.

Ocampo, M. L. S., Arzeno, M. E. G., & Grassano, E. N. (1981). O processo diagnóstico e as técnicas projetivas (M. Felzenswalb, trad.). São Paulo: Martins Fontes.

Phillipson, H. (1955-1981). Test de Relaciones Objetales (G. Araoz, trad.). Buenos Aires: Paidós.

Phillipson, H. (1983). Una Breve Introducción al Test de Relaciones Objetales. In R. F. Verthelyi (Ed.), Atualizaciones en el Test de Relaciones Objetales (pp. 17-60). Buenos Aires: Paidós.

Robell, S. (1997). A Mulher Escondida. A Anorexia Nervosa em nossa Cultura. São Paulo: Summus Ed.

Rosa, J. T., & Vieira Da Silva, J. C. V. V. (2005). Atualizações clínicas do Teste de Relações Objetais de Phillipson. São Paulo: Vetor Ed. Psico-Pedagógica.

Rosa, J. T., & Vieira Da Silva, J. C. V. V. (2005). Desenvolvimentos na prática clínica com o Teste de Phillipson. São Paulo: Vetor Ed. Psico-Pedagógica.

Salzano, F. T., & Cordás, T. A. (2004). Tratamento farmacológico de transtornos alimentares. Revista Brasileira de Psiquiatria, 31(4), 188-194. http://dx.doi.org/10.1590/S0101-60832004000400012

Silva Filho, N. (2005). Associação entre o diagnóstico adaptativo, indicadores de evolução clínica e o teste de relações objetais em pacientes com infecção pelo HIV -1 doentes ou não. In J. T. Rosa & J. C. V. V. Vieira da Silva (Eds.), Desenvolvimentos na prática clínica com o Teste de Phillipson. São Paulo: Vetor Ed. Psico-Pedagógica.

Vieira Da Silva, J. C. V. V. V. (1989). Variabilidade adaptativa num grupo de pacientes e suas evoluções em psicoterapia individual de orientação psicanalítica. Dissertação de Mestrado (não publicada), Universidade Metodista de São Paulo, São Bernardo do Campo.

Woodman, M. (1982-2002). O vício da perfeição: compreendendo a relação entre distúrbios alimentares e desenvolvimento psíquico (M. S. M. Netto, trad.). São Paulo: Summus Editorial.