Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Avaliação de Competitividade sob o Foco de Redes Simultâneas: Alianças Estratégicas e Parcerias na Indústria Gráfica

DOI: http://dx.doi.org/10.15600/1679-5350/rau.v3n1p94-116

http://www.raunimep.com.br/ojs/index.php/regen/index

downloadpdf

Maria C. M. Siqueira1 & José P. A. Fusco2

 

Resumo: O objetivo do presente trabalho é apresentar um exemplo de aplicação da abordagem de redes simultâneas (concurrent networks) no segmento de indústria gráfica de formulário contínuo. A análise foi feita de forma restrita à investigação de alianças estratégicas e parcerias existentes entre os atores dentro da rede em questão. Para tanto, formulou-se uma abordagem de aplicação que pudesse gerar informações suficientes para análise dos mecanismos de formação, do grau de aprofundamento desses relacionamentos, bem como sua contribuição para a competitividade da operação em análise. Com esse estudo, foi possível identificar, classificar e avaliar os relacionamentos existentes na rede selecionada, em função do contexto concorrencial analisado. Os resultados obtidos sugerem a aplicabilidade da abordagem proposta como instrumento de análise da formação e do grau de aprofundamento de alianças estratégicas e parcerias e consequentemente sobre a condição de competitividade decorrente para os atores participantes.

Palavras-chave: rede de empresas; redes simultâneas; alianças estratégicas e parcerias.

 

Abstract: The objective of the present paper is to present an pplication example of the approach of simultaneous nets (concurrent networks) in the segment of graphical continuous form industry. The analysis was made of restricted form to the inquiry of strategical alliances and existing partnerships among the actors inside of the net in question. For in such a way, it was formulated an application approach that could generate enough information for analysis of the formation mechanisms, of the degree of deepening of these relationships, as well as its contribution for the competitiveness of the operation in analysis. With this study, it was possible to identify, to classify and to evaluate the existing relationships in the selected net, in function of the analyzed concorrencial context. The gotten results suggest the applicability of the approach proposal as instrument of analysis of the formation and the degree of deepening of strategical alliances and partnerships and consequently on the condition of decurrent competitiveness to the participant actors.

Key words: net of companies; simultaneous nets; strategical alliances; partnerships.

 

1 (UNICSUL-SC) mcrisms@uol.com.br.
2 (UNIP – SP) jpafusco@uol.com.br.

 

Literatura Citada

ABRAFORM - Associação Brasileira da Indústria de Formulários, Documentos e Gerenciamento da Informação. Estudo Setorial da Indústria Brasileira de Formulários. São Paulo : ABRAFORM, 2004

ABRIGRAF –Associação Brasileira da Indústria Gráfica-6º Anuário Brasileiro da Indústria Gráfica – 2003/2004 .

BRITTO, J. Redes de Cooperação entre empresas In: KUPFER, Dom Economia Industrial: fundamentos Teóricos e Práticos no Brasil. Rio de janeiro: Editora Campus, 2002

FRANCISCHINI, P.G; GURGEL, F. do A . Administração de materiais e do patrimônio. São Paulo: Thomson Pioneira, 2002.

FUSCO, José P. A. et al. Administração de Operações: da formulação estratégica ao controle operacional. São Paulo: Arte e Ciência, 2003.

FUSCO, José P. A. et al. Competition in a Global Economy: Towards a Concurrent Networks Model. Artigo. EUROMA,2004

GATTORNA, J.; WALTERS, D.W. Managing the supply chain: a strategic perspective. MacMillan Press, London,1996.

GUERRINI, Fábio M.; SACOMANO, José B. Alianças Estratégicas como forma emergente de organização de produção. In.Tópicos Emergentes em Engenharia de Produção.V.1. Organizador: José P.A . Fusco. São Paulo: Arte e Ciência, 2002

GNYAWALI, D.; MADHAVAN, R. Cooperative networks and competitive dynamics: a structural embeddedness perspective. Academy of Management Review, v.26, n.3, p.431-445, 2001.

GRANDORI, A., SODA, G. Inter-firm networks: antecedents, mechanisms and forms. Organization Studies, V.16, n.2, 183-214, 1995

HAMEL, Gary, PRAHALAD, C.K. Competindo pelo Futuro. Rio de Janeiro: Campus, 1995.

HILL, Terry. Manufacturing Strategy: The Strategy Management of the manufacturing function. London: MacMillan ,1993 (12th ed.)

HITT, Michael A., IRELAND, R. Duane, HOSKISSON, Robert E. Administração Estratégica. São Paulo: Pioneira Thomson Learning, 2003.

LORANGE, Peter; ROOS, Johan. Alianças Estratégicas, formação, implementação e evolução.São Paulo: Atlas,1996

MERLI, Giorgio. COMAKERSHIP A Nova Estratégia para os Suprimentos. Rio de Janeiro: Qualitymark, 1998.

MINTZBERG, Henry.Safári da Estratégia. São Paulo: Bookman, 2000

NOOTEBOOM,B. Inter-firm Alliances-Analysis and Design. London:Routledge, 1999

PIRES, Sílvio R.I.; Gestão da cadeia de suprimentos e o modelo de consórcio modular. Revista de Administração, São Paulo,v.33, n.3, p.5 –15, julho/setembro 1998.

PIRES, Sílvio R.I. Gestão da Cadeia de Suprimentos e suas Implicações no Planejamento e Controle da Produção. In: AMATO NETO, João Manufatura Classe Mundial. Conceito Estratégias e Aplicações. –São Paulo: Atlas, 2001

PORTER, Michael E. Estratégia Competitiva. Rio de Janeiro: Campus,1991

SLACK, Nigel; CHAMBERS, Stuart; JOHNSTON, Robert. Administração da Produção. 2ª edição. São Paulo: Atlas, 2002

THOMPSON JR, Arthur A ., STRICKLAND III, A.J. Planejamento Estratégico. Elaboração, Implementação e Execução. São Paulo: Pioneira Thomsom Learning, 2004

TROCCOLI, Irene R. e Soares, T.D.L.V.A.M. Gestão de empresas em grupos estratégicos:os blocos de relacionamentos estratégicos. RAE – Revista de Administração., São Paulo,v.38,n.3,p.181-191, jul/ago/set.2003.

WILLIAMSON, O.E. The Economic Institutions of Capitalism: Firms, Markets and Relational Contrating, New York, Free Press, 1985

YIN,R.K. Estudo de caso, planejamento e métodos. São Paulo: Bookam, 2001.