Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

A Gestão do Conhecimento na Formulação do Projeto Político-Pedagógico em Cursos de Graduação

DOI: http://dx.doi.org/10.15600/1679-5350/rau.v8n1p1-15

http://www.raunimep.com.br/ojs/index.php/regen/index

downloadpdf

Marcos A. Gaspar1, Fernando A. C. Palácios2 & Silvio A. dos Santos3

 

Resumo: O artigo apresenta os resultados da primeira etapa de uma pesquisa que busca associar a elaboração do Projeto Político-Pedagógico de Cursos de graduação - PPC (entendido como estratégia a ser desenvolvida e alcançada), o aprendizado organizacional e a gestão do conhecimento em processos de mudança no interior das Instituições de Ensino Superior. O objetivo desta etapa é analisar o processo de elaboração do PPC utilizando uma abordagem de gestão do conhecimento. A partir da análise dos processos de reformulação dos PPC’s de dois cursos de graduação em uma universidade pública e utilizando a classificação de Probst, Raub e Ramhardt (2002), a pesquisa procurou demonstrar de forma específica dois aspectos: a) a possível relação existente entre os elementos do PCC e da gestão do conhecimento a partir das novas características da universidade; b) o nível de utilização de técnicas e procedimentos próprios da gestão do conhecimento durante o desenvolvimento desses processos. Constatou-se um grau incipiente de utilização das técnicas durante a realização dos PPCs, ou seja, a universidade identifica e desenvolve o conhecimento individual e coletivo de seus professores, alunos, funcionários e stakeholders de forma intuitiva, sem uma metodologia clara. Portanto, em um nível muito inferior ao que poderia fazê-lo, ensejando o aprofundamento dos estudos para a elaboração de uma metodologia (procedimentos, tarefas, métodos e responsabilidades) para uma maior efetivação da gestão do conhecimento na instituição universitária, visto ser a construção do PPC um dos seus processos essenciais.

Palavras-chave: Gestão do conhecimento. Ensino superior. Projeto político-pedagógico.

 

Abstract: The article presents the first stage results of a research that searches to associate the elaboration of the Political Pedagogical Project of Graduation Courses (understood as the strategy to be developed and reached), the organizational learning and the knowledge management in processes of change in the Higher Education Institutions. The purpose of this stage is to analyze the elaboration process of the Political Pedagogical Project of Graduation Courses, from the knowledge management view. From the analysis of the reformularization processes of the Political Pedagogical Project of two graduation courses in a public university and using the classification of Probst, Raub & Ramhardt (2002), the research looked for to demonstrate two specific aspects: a) the possible relation between Political Pedagogical Project and the knowledge management from the new characteristics of the university on; b) the utilization level of techniques and proper procedures of the knowledge management during the development of these processes. An incipient degree of utilization of the techniques was evidenced during the elaboration of the Political Pedagogical Projects, that is, the university identifies and develops the individual and collective knowledge of its professors, pupils, employees and stakeholders by an intuitive way, without a clear methodology. Therefore, the university does it in a very inferior level comparing to what could be done, what demands a deep study to formulate a methodology (procedures, tasks, methods and responsibilities) for a bigger accomplishment of knowledge management in the university, once that the Political Pedagogical Project formularization is one its most fundamental processes.

Key words: Knowledge management. Higher education. Political pedagogical project.

 

1 (Universidade Municipal de São Caetano do Sul) marcos.gaspar@uscs.edu.br
2 (Universidade de São Paulo) fpalacios@usp.br
3 (Universidade de São Paulo) sadsanto@usp.br

 

Literatura Citada

CASTELLS, Manuel. A sociedade em rede - a era da informação: economia, sociedade e cultura. São Paulo: Paz e Terra, 1999.

CIDRAL, A.; KEMEZINSKI, A.; ABREU, A.F. A Abordagem por competências na definição do perfil do egresso de curso de graduação. CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA - COBENGE, XXIX. Porto Alegre, 2001. Anais... Porto Alegre, 2001. Disponível em: <http://www.pp.ufu.br/Cobenge.2001/titulos.pdf>. Acesso em: 22 jan.2007.

DAVENPORT, T.; PRUSAK, L. Ecologia da informação: por que só a tecnologia não basta para o sucesso na era da informação. São Paulo: Futura, 1998.

DEMO, Pedro. Desafios modernos da educação. Petrópolis: Vozes, 1995.

EASTERBY-SMITH, M.; ARAUJO, L. Aprendizagem organizacional: oportunidades e desafios atuais. In: EASTERBY-SMITH, M.; BURGOYNE, J.; ARAUJO, L. Aprendizagem organizacional e organização de aprendizagem. São Paulo: Atlas, 2001.

FLECK, J. Contingent knowledge and technological development. Technology Analisys & Strategic Management. Londres: Carfax, v. 9, n. 4, p. 383-397, dec. 1997.

FLEURY, A.; FLEURY, M. T. L. Estratégias empresariais e formação de competências: um quebra-cabeça caleidoscópio da indústria brasileira. São Paulo: Atlas, 2000.

GROTTO, Daniela. Um olhar sobre a gestão do conhecimento. Revista de Ciências da Administração, Florianópolis, ano 3, n. 6, p. 31-37, set. 2001.

MACHADO, Nilson J. A Universidade e a organização do conhecimento: a rede, o tácito, a dádiva. Revista de Estudos Avançados, São Paulo, v. 15, n. 42, EDUSP, 2001.

MACHADO, Nilson J. Educação: projetos e valores. São Paulo: Escrituras Editora, 2000.

MASTELLA, Alexandra Silveira. Proposta de modelo para a gestão de cursos superiores em instituições de ensino superior privadas. 176 f. Tese (Doutorado em Administração) - Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo. São Paulo, 2004.

MINTZBERG, Henry. Criando organizações eficazes – Estruturas em cinco configurações. São Paulo: Atlas, 2006.

NONAKA, Ikujiro.; TAKEUCHI, Hirotaka. Criação de conhecimento na empresa. 9 ed. Rio de Janeiro: Campus, 1997.

NONAKA, Ikujiro. Gestão do conhecimento. Porto Alegre: Bookman, 2008.

PROBST, G.; RAUB, S.; ROMHARDT, K. Gestão do conhecimento: os elementos construtivos do sucesso. Porto Alegre: Bookamn, 2002.

RANGEL, Suzana. Documento de trabalho. Encontro de Administração Superior. Belém: UEPA, 2002.

SALINAS, José L. Gerentes, competências e aprendizagem nas organizações. In: DAVEL, E.; LOPES MELO, M. (Orgs.). Gerência em ação. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2005.

SANTOS, A. R.; PACHECO, F. F.; PEREIRA, H. J.; BASTOS Jr., P. A. Gestão do conhecimento: uma experiência para o sucesso empresarial. Curitiba: Champagnat, 2001.

SCHOMMER, Paula C.; SANTOS, Íris, G. Aprendizagem organizacional nas relações universidade e sociedade. ENCONTRO DE ESTUDOS ORGANIZACIONAIS - EnEO, V, Belo Horizonte, 2008. Anais.... Rio de Janeiro, ANPAD, 2008.

YIN, Robert K. Estudo de caso: planejamento e métodos. 2 ed. Porto Alegre: Bookman, 2001.

ZABALZA, Miguel A. O ensino universitário: seu cenário e seus protagonistas. Porto Alegre: Artmed, 2004.