Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Estudo Comparativo do Coeficiente de Cultura Simples e Duplo no Município de Coimbra/MG

DOI: http://dx.doi.org/10.12702/iii.inovagri.2015-a052

 

downloadpdf

C. C. S. A. Correia1, E. P. da Silva2, E. C. Mantovani3 & F. T. Delazari4

 

Resumo: A pesquisa abordou as diferenças na utilização entre distintas metodologias de cálculo da Evapotranspiração da Cultura (ETc) apresentadas no Boletim FAO nº56, em relação ao coeficiente de cultura (Kc). O estudo foi realizado na área experimental da Universidade Federal de Viçosa (UFV), localizada no município de Coimbra – MG (latitude 20º49’50”S e longitude 42º45’47”E), a cultura utilizada na simulação foi Milho (grãos) e o período simulado foi de fevereiro a maio de 2013, os dados climáticos foram obtidos utilizando uma estação agrometeorológica localizada na área supra citada. O comportamento da umidade no solo foi simulado ao longo do ciclo da cultura utilizando o Kc(Dual) no período do experimento, e demonstrou que não houve déficit hídrico durante o ciclo, o componente evaporação foi preponderante na fase inicial da cultura e, posteriormente, após o desenvolvimento do dossel, adquiriu relevância secundária em relação ao componente transpiratório. Ao longo de todo o ciclo da cultura o Kc(Single) apresentou valores menores que o Kc(Dual), o qual assumiu valores diários variáveis ao longo de todas as fases da cultura devido às variações de disponibilidade de água no solo. O uso do Kc(Dual) é recomendado para culturas que exigem irrigações de alta frequência e as quais possuem cobertura parcial do solo, bem como, para regiões com precipitações frequentes por permitir estimativas da ETc mais exata, ao distinguir os componentes evaporativo (coeficiente de evaporação) e transpiratório (coeficiente basal da cultura).

Palavras-chaveZea mays, evapotranspiração, coeficiente de cultura, lâmina.

 

Abstract: The study broached the differences in using between distinct computation methodology to crop evapotranspiration (ETc) showed in FAO nº.56 paper,  concerning  crop coefficient (kc). The study was conducted at Viçosa Federal University’s  experimental field, located at district of Coimbra – state of Minas Gerais (latitude 20º49’50”S and longitude 42º45’47”E), the crop used at simulation was corn (grain) and the period assumed comprehend February and May 2013, the climatic datas were obtained using a agrometeorological station located at area cited above. The moisture behavior at soil  was simulate throughout the crop cycle using the Kc(dual) at experiment period, e showed that there was not water defict during the growth, the evaporation component was ruling at initial stage of growth and,  subsequently, after the canopy development, it purchased secondary relevance in relation to transpiration component. Thoughout the crop cycle the Kc(single) showed lower values that Kc(dual), which took daily values variable though all crop stages due to soil water disponibility variations. The use of KC(dual) is recommended to crops that require high frequency irrigation and which ones has partial coverage of soil, as well, to places with frequently precipitations per permit more accurate Etc estimate, to discern the components evaporative (soil evaporation coefficient) and transpiration (basal crop coefficient).

Key words: Zea mays, evapotranspiration, crop coefficient, water lamina

 

1 Mestrando em Manejo de Irrigação, Eng. Agrícola DEA/UFV, sala 123(DEA/UFV), CEP 36570-000, Viçosa , MG. Fone (31)38991921. Email: caio_ufv@yahoo.com.br.
2 Doutorando em Manejo de Irrigação, Eng. Agrícola DEA/UFV, Viçosa – Minas Gerais. Email: enoque.silva@ufv.br.
3 Doutor em Manejo de Irrigação, Professor Titular DEA/UFV. Email: everardo@ufv.br.
4 Doutorando em Fitotecnia, Eng. Agrônomo DFT/UFV. Email: fabio.delazari@ufv.br.

 

Literatura Citada

ALENCAR, L.P.; SEDIYAMA, G.C.; MANTOVANI, E.C.; MARTINEZ, M.A. Tendências recentes nos elementos do clima e suas implicações na evapotranspiração da cultura do milho em Viçosa-MG, Brazil. Rev. Engenharia Agrícola, v. 31, n.4, p. 631-642, 2011. http://dx.doi.org/10.1590/S0100-69162011000400002

ALLEN R.G.; PEREIRA L.S.; RAES D.; SMITH M. Crop evapotranspiration: guidelines for computing crop water requirements. FAO irrigation and drainage paper no. 56. FAO, Rome, Italy. 1998.

ALVES, M. E. B.; MANTOVANI, E.C.; SEDIYAMA, G.C.; NEVES, J.C.L. Estimate of the crop coefficient for Eucalyptus cultivated under irrigation during initial growth. Cerne, v. 19, n. 2, p. 247-253, 2013. http://dx.doi.org/10.1590/S0104-77602013000200008

BERNARDO, S.; SOARES, A. A.; & MANTOVANI, E. C. Manual de irrigação. 8ª ed. – Viçosa-MG. Ed. UFV, 2006.

DE SOUZA, A. P.; PEREIRA, J. B. A.; DA SILVA, L. D. B.; GUERRA, J. G. M., & DE CARVALHO, D. F. Evapotranspiração, coeficientes de cultivo e eficiência do uso da água da cultura do pimentão em diferentes sistemas de cultivo. Rev. Acta Scientiarum Agronomy, v.33, n.01, p. 15-22, 2011. http://dx.doi.org/10.4025/actasciagron.v33i1.5527

DOORENBOS, J.; PRUITT, J. O. Guidelines for predicting crop water requeriments. Rome: FAO, 1977. 179 p. (FAO Irrigation and Drainage, 24).

EMBRAPA. Centro Nacional de Pesquisa de Solos (Rio de Janeiro, RJ). Manual de métodos de análise de solo / Centro Nacional de Pesquisa de Solos. 2ª ed. Rio de Janeiro, 1997. 212p.

SANTOS, W.D.O., SOBRINHO, J.E., & DE MEDEIROS, J.F. Coeficientes de cultivo e necessidades hídricas da cultura do milho verde nas condições do semiárido brasileiro. Rev. Irriga, v. 19, n.4, p. 559-572, 2014. http://dx.doi.org/10.15809/irriga.2014v19n4p559

SMITH, M. et al. Report. Expert Consultation on Revision of FAO Methodologies for Crop Water Requirements. Rome FAO, 1992.